Ceasa de Joinville é ponto de venda de produtos também para o consumidor final - A Notícia

Versão mobile

 

Produção18/06/2018 | 10h35Atualizada em 18/06/2018 | 10h35

Ceasa de Joinville é ponto de venda de produtos também para o consumidor final

Fornecimento é realizado por agricultores de Joinville e de outros municípios próximos

Ceasa de Joinville é ponto de venda de produtos também para o consumidor final Rogério da Silva,Secom/Divulgação
Foto: Rogério da Silva,Secom / Divulgação

 Além de atender diariamente supermercados, verdureiras, feirantes, empresas e entidades, a Central de Abastecimento de Joinville (Ceasa) também é uma opção para consumidores finais que buscam diversidade, qualidade e economia em suas compras. 

- Não vendemos apenas no atacado. Mudamos nosso foco para atender à necessidade do mercado e o cliente final que compra aqui encontra vantagens como produtos sempre frescos, comprados diretamente do produtor e com preços competitivos - afirma a funcionária do Ceasa, Sirley Godert. 

A variedade de alimentos é garantida pela rotatividade de produtores que, diariamente, abastecem o Ceasa com todos os tipos de frutas, verduras, legumes, hortaliças, grãos, cereais, além de produtos típicos de cada estação e delícias artesanais como geleias, melado e mel. 

O fornecimento é realizado por agricultores de Joinville e de outros municípios próximos, como Araquari, Mafra, Itaiópolis, Urubici, São Joaquim, Schroeder, Guaramirim, Vidal Ramos, Lontras, São Bento do Sul, Jaraguá do Sul e São Ludgero.  

- Quando o consumidor faz suas compras no Ceasa, está ajudando a fortalecer a economia da nossa área rural e estimulando o jovem a permanecer no campo. As famílias que produzem e que se mantêm da atividade agrícola de forma sustentável, fazem sucessores e não herdeiros - acrescenta Sirley.

A segurança alimentar é outro aspecto relevante que o consumidor deve considerar, ao comprar no Ceasa. Todos os produtos comercializados no local têm procedência garantida, são fornecidos por produtores cadastrados, passam por inspeção da Vigilância Sanitária e são acompanhados por entidades como a Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc), que faz o controle do uso de agrotóxicos, e do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) responsável pela aferição das balanças.  

Para quem também pensa no bolso na hora de fazer as compras, encontra no Ceasa uma forma de economizar. No pavilhão dos produtores, o público pode comprar diretamente do agricultor, sem intermediários.  

- Quanto mais cedo chegar, mais opções de produtos o cliente vai encontrar - orienta a servidora da Ceasa de Joinville.  Há, também, a área dos boxistas, onde são comercializados produtos vindos de outros locais e alimentos orgânicos.  

Produtos orgânicos 

Cada vez mais procurados pelo público que busca alimentação saudável e segura, os alimentos orgânicos também têm espaço garantido na Ceasa de Joinville. Cultivados por produtores de Joinville e região, e trazidos também de outros municípios de Santa Catarina e Paraná, o mix de orgânicos inclui hortaliças, verduras, batata, aipim, frutas como laranja tangerina, banana e abacaxi e, ainda, farinhas, arroz, milho, geleias, mel, vinagre e sucos. 

- Todos os orgânicos que vendemos possuem certificação dos órgãos reguladores - garante o produtor de orgânicos, Geovane Silvestre Pereira. 

O  Ceasa de Joinville fica na rua Bororós, 2415, Distrito Industrial. O horário de atendimento é de segunda-feira a sábado, das 3 às 11 horas.

 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaSuspeito de matar mulher a facadas deve ser indiciado por feminicídio em Joinville https://t.co/t1SfwUamwD #LeianoANhá 1 horaRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaSuspeito de matar mulher a facadas deve ser indiciado por feminicídio em Joinville https://t.co/bHMqfAeLfX #LeianoANhá 1 horaRetweet

Veja também

A Notícia
Busca