Veja como ficam os serviços públicos de Joinville e região nesta sexta-feira por causa da greve - A Notícia

Versão mobile

 

Manifestações25/05/2018 | 09h48Atualizada em 25/05/2018 | 11h34

Veja como ficam os serviços públicos de Joinville e região nesta sexta-feira por causa da greve

 Principal preocupação é a falta de fornecimento de combustíveis nos postos 

Veja como ficam os serviços públicos de Joinville e região nesta sexta-feira por causa da greve Salmo Duarte/A Notícia
Foto: Salmo Duarte / A Notícia
A Notícia
A Notícia

A paralisação dos caminhoneiros afeta alguns serviços públicos de Joinville e região. A principal preocupação é a falta de combustíveis em algumas cidades que podem impactar diretamente no abastecimento das frotas. Em alguns postos de Joinville, Jaraguá do Sul e São Francisco já não havia  mais fornecimento de gasolina comum e aditivada desde a quinta-feira. 

Confira a situação dos principais serviços:

JOINVILLE
Educação:
aulas mantidas normalmente. Não há prejuízo no fornecimento de merendas.
Saúde: hospitais e postos de saúde funcionando normalmente. Não houve comprometimento no fornecimento de remédios e nem no deslocamento de ambulâncias.
Segurança: viaturas da guarda municipal funcionam normalmente.
Transporte público: os ônibus tem combustível para circular e operar normalmente nos próximos dias em Joinville. Nesta tarde, as empresas devem se reunir junto aos distribuidores para avaliar qual a situação dos próximos dias se a greve continuar.
Ceasa: a Central de Abastecimento (Ceasa) estará fechada neste sábado, (26).  Nesta sexta, a redução do atendimento foi intensificada em consequência dos bloqueios nas estradas.
Coleta de lixo:  A empresa Ambiental, concessionária que realiza a coleta de lixo, utiliza alternativas para manter os estoques de combustível, que devem durar até segunda-feira.  Portanto, o serviço poderá sofrer restrições nos próximos dias. A empresa orienta aos moradores a não colocar os lixos nas calçadas durante este período de paralisação para evitar acúmulo do material em áreas públicas. 

JARAGUÁ DO SUL
Está sendo priorizadas somente a circulação de veículos que prestam serviços essenciais, os demais serão mantidos na garagem até que a greve finalize. Circulam normalmente ambulâncias, carros da Secretaria de Educação, caminhões e máquinas de obras que já estavam em andamento
Educação:
Aulas mantidas normalmente.
Saúde: hospitais e postos de saúde funcionando normalmente. Não houve no deslocamento de ambulâncias.
Transporte público:  Os horários com intervalo de 20 em 20 minutos passarão para intervalos de hora em hora. A Prefeitura salienta que os itinerários de picos serão mantidos, que são das 4h às 5h, das 6h às 7h30, das 15h30 às 15h, das 17h às 18h30 e das 23h30 à 0h. 
Coleta de lixo:  A Serrana Engenharia, que realiza a coleta de lixo na cidade, avisa que vai reduzir o fluxo da coleta para economizar combustível. Por isso, pedem conscientização dos moradores no descarte neste momento, dando prioridade para jogar o lixo orgânico e esperar para descartar o lixo reciclável. Um plano de ação está sendo traçado com a Prefeitura. Até agora, os caminhões conseguiram chegar no aterro sanitário localizado em Mafra.

SÃO FRANCISCO DO SUL
Transporte:
Verdes Mares: fará um novo horário de atendimento, priorizando horários de pico para garantir que o transporte esteja disponível por mais dias.
Universitário: nesta noite não haverá mais transporte aos universitários da AUSFS. A associação voltará a realizar o transporte quando a situação da paralisação for normalizada.
Empresa de ferryboat F. Andreis mantém o transporte normal.
Coleta de Lixo
De acordo com a empresa Ambiental, nesta noite não haverá coleta de lixo. A recomendação é a de que as pessoas mantenham os resíduos acondicionados nas suas residências.
Saúde
Por enquanto os serviços seguem normalmente. Mantida a ida dos pacientes às consultas em outras cidades.
Os pacientes que necessitam realizar hemodiálise no Hospital Regional e na Fundação Pró Rim em Joinville, terão a sua disposição um micro-ônibus nos seguintes dias e horários (com pontos de referência para embarque pré definidos com o setor de transporte): terça-feira - 8h / quinta-feira - 8h / sábado - 8h.
A Secretaria de Saúde restringiu os demais horários com intuito de atender ao máximo da demanda francisquense, com exceção dos veículos de emergência.
Educação
As escolas municipais estão abastecidas para garantir a merenda por duas semanas.
Obras
A partir de amanhã (25) com serviços reduzidos apenas para essenciais e emergenciais.

SÃO BENTO DO SUL
O transporte público está operando normalmente. Os ônibus da cidade têm combustível para os próximos dias. Já a frota da prefeitura vai paralisar completamente por falta de combustível. Como por exemplo, máquinas, patrolas e carros das secretarias, somente o setor da saúde que continuará normal. A coleta de lixo também está atuando normalmente, pelo menos por enquanto.

CAMPO ALEGRE
Os serviços de educação e saúde funcionam normalmente. Já os trabalhos da Secretaria de Obras foram paralisados para resguardar o estoque de combustíveis para as ambulâncias e veículos de emergências. A coleta de lixo da cidade também foi prejudicada, já que o caminhão consegue descarregar os resíduos sólidos coletados na última terça-feira. O aterro utilizado pela cidade é em Rio Negrinho. Até que haja liberação a coleta permanecerá cancelada. A Secretaria de Saneamento Ambiental orienta a população para que não coloque o lixo nas ruas. Enquanto os manifestantes impedirem a destinação do lixo para Rio Negrinho, não há possibilidade de coleta dos resíduos. Logo que as rodovias forem liberadas, a coleta deve ser retomada. 

ITAPOÁ
Segundo a Prefeitura, nenhum serviço está comprometido. Como a greve já era prevista, a cidade possui equipamentos e autonomia de 10 dias de trabalho.
Coleta de lixo:  A Serrana Engenharia, que realiza a coleta de lixo na cidade, avisa que vai reduzir o fluxo da coleta para economizar combustível. Por isso, pedem conscientização dos moradores no descarte neste momento, dando prioridade para jogar o lixo orgânico e esperar para descartar o lixo reciclável. Um plano de ação está sendo traçado com a Prefeitura. Até agora, os caminhões conseguiram chegar no aterro sanitário localizado em Mafra.

PONTOS DE MANIFESTAÇÃO DOS CAMINHONEIROS – REGIÃO NORTE
- SC-416 – Itapoá, km 24,600;
- SC-417 – Garuva, km 10,800;
- SC-418 – Campo Alegre, km 46;
- BR-280 – Araquari em três pontos: km 21, km 50 e km 55;
- BR-280 – São Francisco do Sul, km 3;
- BR-280 – São Bento do Sul em dois pontos: km 122 e km 111;
- BR-280 – Rio Negrinho, km 136;
- BR-280 – Canoinhas em dois pontos: km 231 e km 235;
- BR-101 – Joinville, km 26;
- BR-101 – Araquari, km 75;
- BR-116 – Mafra, km 7;
- BR-116 – Papanduva, km 54;
- BR-116 – Santa Cecília, km 138. 

Leia mais:
Greve dos caminhoneiros continua em 17 pontos na região Norte de SC
Governo e caminhoneiros chegam a acordo para suspender greve por 15 dias
Caminhoneiros continuam concentrados às margens da BR-101, em Joinville
Falta de combustíveis é o principal impacto da greve na rotina dos moradores de Joinville
AO VIVO: acompanhe a greve dos caminhoneiros em Santa Catarina  


 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaConfira o obituário de 12, 13, 14 e 15 de outubro de 2018 https://t.co/w00Q4GLn6A #LeianoANhá 2 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaDuas professoras de Joinville estão na final de prêmio nacional https://t.co/7ZD08Kwya1 #LeianoANhá 3 horas Retweet

Veja também

A Notícia
Busca