Secretaria da Saúde faz mutirão contra o Aedes aegypti neste sábado em Joinville - A Notícia

Versão mobile

 

 

Saúde03/05/2018 | 16h45Atualizada em 03/05/2018 | 16h45

Secretaria da Saúde faz mutirão contra o Aedes aegypti neste sábado em Joinville

Ação vai percorrer locais com maior concentração dos focos positivos do mosquito no Boa Vista

Secretaria da Saúde faz mutirão contra o Aedes aegypti neste sábado em Joinville Salmo Duarte/A Notícia
Larva do mosquito durante ação de combate ao Aedes aegypti Foto: Salmo Duarte / A Notícia

Neste sábado, das 8 às 12 horas, dez ruas do bairro Boa Vista receberão o mutirão de combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, Zica vírus e febre Chikungunya. A ação será realizada pela Secretaria da Saúde de Joinville, com as equipes do Serviço de Vigilância Ambiental, Unidade Básica de Saúde (UBS) Bakitas e membros do Conselho Local de Saúde do bairro Boa Vista. 

O mutirão vai percorrer os locais com maior concentração dos focos positivos do mosquito, que abrange as ruas: Santa Mônica, São Vicente, Matilde Amim, Ignácio A. Da Maia, São Miguel, General Góes Monteiro, São Borja e São Leopoldo. De acordo com a coordenadora do Serviço de Vigilância Ambiental, Nicoli dos Anjos, mesmo sendo monitorada regularmente, a região continua sendo local de infestação do mosquito. 

— Desde janeiro, quando realizamos outro mutirão, a situação piorou no Boa Vista, e continua crítica. De janeiro até agora, identificamos 327 focos positivos do mosquito, em Joinville, sendo que 138 estão apenas naquele bairro — alerta Nicoli.

Segundo ela, o número de focos positivos do Aedes aegypti encontrados nos quatro meses deste ano, já superou a quantidade identificada durante o ano de 2017 inteiro. A coordenadora reforça que, embora não haja registros de transmissão de dengue em Joinville, a infestação de mosquitos, que atuam como vetores dos vírus, aumenta o risco de proliferação das doenças. 

— Nos últimos meses, três pessoas em Joinville foram diagnosticadas com dengue, mas vieram infectadas de outros estados. No entanto, a partir do momento em que o mosquito picar uma pessoa contaminada, pode começar a transmissão das doenças — explica.

Ainda de acordo com Noeli, o problema continua sendo a falta de conscientização e de cuidados básicos como: eliminar qualquer tipo de recipiente que possa acumular água, até mesmo tampinhas de garrafa pet; vedar as caixas d’água; colocar tela nos ladrões e nas caixas de passagem; higienizar semanalmente os potes de alimentos dos animais; e não acumular lixo. 

— Com o mutirão, vamos tentar mais uma vez mobilizar as pessoas, agora com o auxílio de representantes da própria comunidade. Pedimos que os moradores recebam as equipes, conversem e compreendam que é uma iniciativa para o bem de todo o bairro — afirma Nicoli. 

Atendimento UBS 

Além de participar do mutirão, neste sábado, das 8 às 13 horas, a UBS Bakitas (R. São Miguel, 513 – Boa Vista), estará aberta para atendimento ao público, com serviços de vacinação e marcação de consultas programadas.

 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaJEC/Krona derrota o Atlântico-RS e se mantém na liderança da Liga Nacional https://t.co/xFnO6JOcN4 #LeianoANhá 3 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaNereu Martinelli confirma interesse de participar da JEC S.A. https://t.co/IFJ9XolK1d #LeianoANhá 3 horas Retweet

Veja também

A Notícia
Busca