Manifestantes vão às ruas para apoiar greve dos caminhoneiros no Norte de SC - A Notícia

Versão mobile

 

Cidade27/05/2018 | 18h32Atualizada em 27/05/2018 | 18h38

Manifestantes vão às ruas para apoiar greve dos caminhoneiros no Norte de SC

Em Joinville, grupo seguiu pelas principais ruas da cidade 

Manifestantes vão às ruas para apoiar greve dos caminhoneiros no Norte de SC Salmo Duarte/A Notícia
Foto: Salmo Duarte / A Notícia
A Notícia
A Notícia

Uma manifestação reuniu centenas de pessoas no centro de Joinville na tarde de ontem. Ela começou na praça da Bandeira às 15 horas e o grupo seguiu até a frente do 62º Batalhão de Infantaria, na rua Ministro Calógeras.

Os manifestantes apoiavam a greve dos caminhoneiros, entre outros pedidos. Havia motociclistas, ciclistas, além de carros e um trio elétrico, com uma organização que afirmou não ter posição política. A comitiva passou pelas principais ruas do Centro antes de chegar em frente ao Batalhão. Paralelamente, uma carreata passava por outras ruas de Joinville.

Na frente do 62º BI, outro grupo já esperava os manifestantes que vieram da praça da Bandeira. No local, um caminhoneiro que participou dos pontos de paralisação nas rodovias e a filha de um caminhoneiro que ainda participa falaram com os participantes. Depois, o grupo retornou para a praça da Bandeira, onde os organizadores afirmaram que permanecerão acampados. 

A organização anunciou durante o protesto que cerca de 20 mil pessoas haviam se envolvido na manifestação. A Polícia Militar, que faz o levantamento oficial, afirmou que não era possível informar um número exato porque a participação era flutuante.

No domingo, outros protestos semelhantes ocorreram em cidades da região Norte de Santa Catarina. Em Jaraguá do Sul, os moradores participaram de um ato a favor da greve dos caminhoneiros na praça Ângelo Piazera, no centro da cidade. O número de participantes não foi confirmado até a noite de domingo. 

No Planalto Norte, um dos maiores protestos aconteceu em Mafra. Segundo a Polícia Militar, a manifestação começou no centro da cidade. De lá, os manifestantes partiram em passeata para a BR-116, onde há um ponto de paralisação dos caminhoneiros. A PM e os organizadores do movimento também ainda não informaram a quantidade de manifestantes nesse protesto.

Leia mais:
Saiba como está o atendimento nos hospitais de Joinville durante a greve dos caminhoneiros
Greve dos caminhoneiros causa impactos nas grandes indústrias de Joinville
Prefeito de São Francisco do Sul decretará situação de emergência

 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaSaídas e mudanças: JEC começa a reestruturação da comissão técnica https://t.co/AlNIhr87cq #LeianoANhá 10 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaJEC/Krona terá um desfalque no jogo de ida das semifinais da Copa do Brasil https://t.co/olZZYH34r7 #LeianoANhá 12 horas Retweet

Veja também

A Notícia
Busca