Greve dos caminhoneiros afeta abastecimento na região Norte de SC - A Notícia

Versão mobile

 

 

Manifestações23/05/2018 | 18h17Atualizada em 24/05/2018 | 20h20

Greve dos caminhoneiros afeta abastecimento na região Norte de SC

Ela ocorre desde segunda-feira em todo o país e caminhões não estão chegando aos postos de combustível

Greve dos caminhoneiros afeta abastecimento na região Norte de SC SILAS JÚNIOR/NSC TV
Manifestantes estão parados desde segunda-feira no posto Sinuelo, em Araquari, na BR-280 Foto: SILAS JÚNIOR / NSC TV
A Notícia
A Notícia

A greve dos caminhoneiros que ocorre em todo o País desde segunda-feira começou a afetar a distribuição de combustível na região Norte de Santa Catarina. Postos de Campo Alegre, Canoinhas e Mafra e alguns postos de São Bento do Sul, no Planalto Norte, já informaram que não havia mais combustível na tarde desta terça-feira e a Dibrape (Distribuidora Brasileira de Petróleo), de Guaramirim, divulgou que a distribuição estava suspensa nesta tarde. Cerca de cinco caminhões com 150 mil litros de combustível chegaram a subir para o Planalto Norte, mas foram parados pelos manifestantes e impedidos de seguir viagem, segundo a Sindipetro (Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo de Santa Catarina). 

Até as 18 horas desta terça-feira, Joinville e Jaraguá do Sul não apresentavam problemas no abastecimentos dos postos.  Em Araquari, no posto Sinuelo, localizado na BR-280, também já não havia mais combustível nesta terça-feira. Ele é um dos pontos onde os manifestantes estão parados desde segunda-feira. 

Segundo a Dibrape, os caminhões ficarão parados e sem previsão de retomar os serviços. A decisão foi tomada depois que os caminhões que saíram na manhã desta terça-feira não conseguiram realizar as entregas e dois deles foram apedrejados. Na segunda-feira, a empresa já não estava conseguindo acessar o Planalto Norte. A Dibrape atende cerca de 160 postos de bandeira branca em Santa Catarina. 

Três deles estão em Joinville (nos bairros Espinheiros e Rio Bonito e na BR-101, em Pirabeiraba); um em Garuva; dois em Guaramirim; dois em Jaraguá; um em Schroeder; e três em Mafra; além de atender outras cidades catarinense e do Paraná. 

A Agricopel, que distribui para 50 postos no Estado, também informou que a distribuição está sendo afetada, principalmente no Alto Vale. Um representante da empresa informou que na quarta-feira possivelmente não conseguirão enviar caminhões para Joinville, Jaraguá do Sul e São Francisco do Sul.

 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaLei de Diretrizes Orçamentárias propõe orçamento de R$ 3 bilhões para Joinville em 2019 https://t.co/MKnB3p2iCg #LeianoANhá 18 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaGaroto de Joinville vence 15ª partida consecutiva e alcança top 10 da categoria no circuito europeu https://t.co/kyPGHSJXSl #LeianoANhá 18 horas Retweet

Veja também

A Notícia
Busca