Confira a situação dos serviços públicos de Joinville e região por causa da greve - A Notícia

Versão mobile

 

Manifestações24/05/2018 | 10h58Atualizada em 24/05/2018 | 20h52

Confira a situação dos serviços públicos de Joinville e região por causa da greve

 Principal preocupação das cidades é a falta de fornecimento de combustíveis nos postos 

Confira a situação dos serviços públicos de Joinville e região por causa da greve Salmo Duarte / Jornal A Notícia/Jornal A Notícia
No km 25 da BR-101, caminhoneiros se reúnem em um posto de gasolina Foto: Salmo Duarte / Jornal A Notícia / Jornal A Notícia
A Notícia
A Notícia

A paralisação dos caminhoneiros também está afetando alguns serviços públicos em Joinville e região. A principal preocupação é a falta de combustíveis em algumas cidades que podem impactar no abastecimento. Nesta manhã, em alguns postos de Joinville, Jaraguá do Sul e São Francisco não há mais fornecimento de gasolina comum e aditivada. 

Confira a situação dos principais serviços:

JOINVILLE
Educação:
Aulas mantidas normalmente. Não há prejuízo no fornecimento de merendas.
Saúde: hospitais e postos de saúde funcionando normalmente. Não houve comprometimento no fornecimento de remédios e nem no deslocamento de ambulâncias.
Segurança: viaturas da guarda municipal funcionam normalmente.
Transporte público: Os ônibus tem combustível para circular e operar normalmente nos próximos dias em Joinville. Nesta tarde, as empresas devem se reunir junto aos distribuidores para avaliar qual a situação dos próximos dias se a greve continuar.
Ceasa: a central teve impacto de 80% na queda de oferta de produtos alimentícios para o atendimento ao mercado local. A maior redução é de frutas e legumes. A estrutura mantém o serviço, porém de forma parcial.
Coleta de lixo:  O estoque de combustível da empresa Ambiental, concessionária que realiza a coleta de lixo, deve durar até sexta-feira ou, no máximo, sábado pela manhã. Com isso, o serviço pode sofrer alterações nos próximos dias. 

JARAGUÁ DO SUL
Está sendo priorizadas somente a circulação de veículos que prestam serviços essenciais, os demais serão mantidos na garagem até que a greve finalize. Circulam normalmente ambulâncias, carros da Secretaria de Educação, caminhões e máquinas de obras que já estavam em andamento
Educação:
Aulas mantidas normalmente.
Saúde: hospitais e postos de saúde funcionando normalmente. Não houve no deslocamento de ambulâncias.
Transporte público:  Os horários com intervalo de 20 em 20 minutos passarão para intervalos de hora em hora. A Prefeitura salienta que os itinerários de picos serão mantidos, que são das 4h às 5h, das 6h às 7h30, das 15h30 às 15h, das 17h às 18h30 e das 23h30 à 0h. 
Coleta de lixo:  A Serrana Engenharia, que realiza a coleta de lixo na cidade, avisa que vai reduzir o fluxo da coleta para economizar combustível. Por isso, pedem conscientização dos moradores no descarte neste momento, dando prioridade para jogar o lixo orgânico e esperar para descartar o lixo reciclável. Um plano de ação está sendo traçado com a Prefeitura. Até agora, os caminhões conseguiram chegar no aterro sanitário localizado em Mafra.

SÃO FRANCISCO DO SUL
Transporte
-
Em reunião com a prefeitura de São Francisco do Sul na tarde desta quinta-feira, dia 24, ficou acordado que os horários do sistema de transporte coletivo de São Francisco do Sul serão alterados em razão da paralisação dos caminhoneiros. Com isto, haverá um redução de horários dos ônibus, com objetivo de prolongar o atendimento à população pelo máximo de dias possível, em caso de continuidade da paralisação. A redução começa nesta sexta-feira, dia 25 de maio. As linhas intermunicipais não sofrerão alterações
- Empresa de ferryboat F. Andreis mantém o horário pela manhã e irá reavaliar à tarde.
Saúde: Por enquanto os serviços seguem normalmente. Mantida a ida dos pacientes às consultas em outras cidades.
Educação: As escolas municipais estão abastecidas para garantir a merenda até sexta-feira.
Obras: Gerência dos Balneários mantém os serviços no dia de hoje. Secretaria de Obras mantém os serviços no dia de hoje até às 13h. A partir da tarde haverá redução dos trabalhos, para garantir os serviços essenciais e casos emergenciais.
Coleta de lixo: De acordo com a empresa Ambiental, a coleta pode ser afetada a partir desta tarde. Quando vier a ocorrer, a recomendação é a de que as pessoas mantenham os resíduos acondicionados nas suas residências.

SÃO BENTO DO SUL
O transporte público está operando normalmente. Os ônibus da cidade têm combustível para os próximos dias. Já a frota da prefeitura vai paralisar completamente por falta de combustível. Como por exemplo, máquinas, patrolas e carros das secretarias, somente o setor da saúde que continuará normal. A coleta de lixo também está atuando normalmente, pelo menos por enquanto.

CAMPO ALEGRE
Os serviços de educação e saúde funcionam normalmente. Já os trabalhos da Secretaria de Obras foram paralisados para resguardar o estoque de combustíveis para as ambulâncias e veículos de emergências. A coleta de lixo da cidade também foi prejudicada, já que o caminhão consegue descarregar os resíduos sólidos coletados na última terça-feira. O aterro utilizado pela cidade é em Rio Negrinho. Até que haja liberação a coleta permanecerá cancelada. A Secretaria de Saneamento Ambiental orienta a população para que não coloque o lixo nas ruas. Enquanto os manifestantes impedirem a destinação do lixo para Rio Negrinho, não há possibilidade de coleta dos resíduos. Logo que as rodovias forem liberadas, a coleta deve ser retomada. 

ITAPOÁ
Segundo a Prefeitura, nenhum serviço está comprometido. Como a greve já era prevista, a cidade possui equipamentos e autonomia de 10 dias de trabalho.
Coleta de lixo:  A Serrana Engenharia, que realiza a coleta de lixo na cidade, avisa que vai reduzir o fluxo da coleta para economizar combustível. Por isso, pedem conscientização dos moradores no descarte neste momento, dando prioridade para jogar o lixo orgânico e esperar para descartar o lixo reciclável. Um plano de ação está sendo traçado com a Prefeitura. Até agora, os caminhões conseguiram chegar no aterro sanitário localizado em Mafra.

PONTOS DE MANIFESTAÇÃO DOS CAMINHONEIROS – REGIÃO NORTE
SC-416 – Itapoá
BR-280 – Araquari, km 20
BR-280 – São Francisco do Sul, km 3
BR-280 – São Bento do Sul, km 122
BR-280 – Rio Negrinho, km 136
BR-280 – Canoinhas, km 231 e km 235
BR-101 – Joinville, km 25
SC-418 – Campo Alegre, km 46
BR-116 – Mafra, km 7
BR-116 – Papanduva, km 54
BR-116 – Santa Cecília, km 138

Leia mais:
Greve dos caminhoneiros afeta abastecimento na região Norte de SC
Movimento nos portos de Itapoá e São Francisco do Sul é afetado por causa da greve dos caminhoneiros
Greve dos caminhoneiros deixa trânsito lento nas rodovias do Norte de SC


 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaJEC anuncia novo treinador para a disputa da Copa SC https://t.co/44mdgEIhyv #LeianoANhá 2 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaAcidente deixa o trânsito lento na região Central de Joinville https://t.co/XnCQRRRKNa #LeianoANhá 2 horas Retweet

Veja também

A Notícia
Busca