Abastecimento de gasolina deve ser normalizado até sexta-feira em Joinville, diz Sindipetro - A Notícia

Versão mobile

 

 

Paralisação Nacional30/05/2018 | 16h11Atualizada em 30/05/2018 | 16h53

Abastecimento de gasolina deve ser normalizado até sexta-feira em Joinville, diz Sindipetro

Alguns postos começaram a receber gasolina já na terça-feira para veículos oficiais e de emergência

Abastecimento de gasolina deve ser normalizado até sexta-feira em Joinville, diz Sindipetro Salmo Duarte/A Notícia
Foto: Salmo Duarte / A Notícia

O abastecimento de gasolina deve ser totalmente normalizado nos próximos dias em Joinville e região, segundo Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo de Santa Catarina (Sindipetro-SC). Segundo o presidente do sindicato, Luiz Antônio Amin, todos os postos da região que recebem da base de Guaramirim devem receber gasolina nos próximos dias. Alguns caminhões chegaram à Joinville já na noite de terça, com escolta da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e do exército, e foram priorizados para os locais de abastecimento de veículos oficiais e de emergência. 

Após isso, saíram os caminhões da base para os postos abastecerem a população. Ainda segundo Amin, não há como especificar quais postos estão sendo abastecidos até para garantir a segurança no trajeto. Entretanto, o presidente garantiu que todos os estabelecimentos deverão receber gasolina nos próximos dias. 

— Os caminhões estão sendo escoltados pelas forças de segurança. Este procedimento deve se manter pelos próximos dias, inclusive no feriado, até que todos os postos de Joinville e região recebam os produtos — afirma o presidente.  

A quantidade de litros depende do pedido e da distribuição que cada posto solicitou ao fornecedor. Ainda segundo Amin, a regularização deve ocorrer de forma gradativa e pode demorar ainda uma semana para normalizar totalmente. O abastecimento ocorre mesmo que os petroleiros tenham anunciado greve de 72 horas nas refinarias. O presidente ressalta que na base de Guaramirim há combustível suficiente para o restabelecimento dos postos. 

Alívio para motoristas e proprietários

Desde segunda-feira, Jenifer Roberta Quadros, não consegue ir trabalhar e nem deixar a filha na escola porque não tinha combustível. Na manhã desta quarta-feira, ela soube da chegada dos caminhões e foi para a fila no posto da rua Jarivatuba, um dos primeiros a receber gasolina na cidade. Para ela, encher o tanque do carro significou a retomada na rotina e a "vida normal". 

— Meu tanque está vazio, eu só vim de carro aqui porque moro perto do posto. Agora vou poder retomar as minhas atividades — conta a jovem. 

No mesmo estabelecimento, Abisair Vieira, enchia o tanque da moto após empurrá-la ao estabelecimento. Nos últimos cinco dias, o metalúrgico estava percorrendo o trajeto até o trabalho de bicicleta porque não tinha o combustível. O presidente do Sindipetro-SC afirma que todos os motoristas serão atendidos, já que o Procon liberou a limitação na quantidade de gasolina vendida por cliente. 

 JOINVILLE,SC,BRASIL,30-05-2018.Começa o abastecimento de combustível em Joinville.Abisair Vieira.(Foto:Salmo Duarte/A Notícia)Indexador: Maykon Lammerhirt
Abisair foi até o posto na rua Jarivatuba para encher o tanque da motoFoto: Salmo Duarte / A Notícia

A orientação do sindicato é que os donos dos estabelecimentos estabeleçam um valor, que pode chegar até R$ 100 por cliente, até que todas as bombas da cidade estejam cheias. Além disso, por questões de segurança, o Sindipetro está orientando aos proprietários que não façam o abastecimento em galões. 

— Pedimos aos consumidores que mantenham a calma neste momento. Diversas ações estão sendo desenvolvidas para garantir o abastecimento de todos os veículos — conclui Amin.

Leia também:
Confira como ficam horários de comércio, shoppings e mercados no feriado de Corpus Christi, em Joinville
Greve dos caminhoneiros impacta no movimento da rodoviária de Joinville

Postos de Joinville começam a receber combustível na manhã desta quarta-feira
Imagem aérea de fila de motoristas esperando para abastecerFoto: Luiz Fernando Maul / Divulgação
Foto:


 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaDebate sobre baixa adesão à vacina contra HPV em Joinville chega à Comissão de Saúde da Câmara  https://t.co/gRB0zENMnY #LeianoANhá 8 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaCâmeras particulares serão integradas ao monitoramento público em Joinville https://t.co/t886prcGWl #LeianoANhá 8 horas Retweet

Veja também

A Notícia
Busca