Trânsito do elevado da avenida Santos Dumont será totalmente liberado na próxima semana em Joinville - A Notícia

Versão mobile

 

Infraestrutura17/04/2018 | 12h23Atualizada em 17/04/2018 | 13h28

Trânsito do elevado da avenida Santos Dumont será totalmente liberado na próxima semana em Joinville

Único trabalho que ainda falta é a pavimentação e sinalização de um trecho

Trânsito do elevado da avenida Santos Dumont será totalmente liberado na próxima semana em Joinville Salmo Duarte/A Notícia
Foto: Salmo Duarte / A Notícia

O governo do Estado vai liberar totalmente o trânsito do elevado da avenida Santos Dumont na próxima semana, em Joinville. O único trabalho que ainda falta para finalizar a obra é a pavimentação e sinalização do trecho, já que o trabalho de contenção da estrutura foi finalizado na semana passada. Após isso, será possível permitir o tráfego de veículos por cima da estrutura no sentido Norte/Sul.

A base e a sub-base do asfalto já estão prontas, mas ainda é necessário passar a camada de piche e finalizar a pavimentação. O Estado pretende concluir essa etapa, no máximo, até o início da próxima semana porque também depende do tempo sem chuva. Durante esse processo, é possível que as pistas sejam interditadas para a finalização do trabalho.

Atualmente, estão liberadas para o trânsito as marginais nos dois sentidos e as duas pistas por cima do elevado que levam para o Aeroporto de Joinville. As duas pistas que vão no sentido Centro são as que deverão ser abertas a partir da próxima semana.

Uma reunião nesta terça-feira entre o secretário de infraestrutura Paulo França e o governador Eduardo Pinho Moreira deve definir a data de inauguração da duplicação e do elevado. É possível que o evento aconteça entre o final de abril e o início de maio, mas ainda não há um anúncio oficial. A partir da entrega da obra, a manutenção pela avenida volta a ser de responsabilidade da Prefeitura.

A obra de duplicação da avenida começou em fevereiro de 2013 e era para ter sido finalizada em 2016. As datas não foram cumpridas e novos prazos foram anunciados ao longo do ano passado. O maior impasse foi para a desapropriação do terreno do Clube 31 de Julho, próximo a rua Tuiuti. A demora para conclusão nas negociações impactaram na entrega do projeto dentro do prazo.

Apesar de ser inaugurada em breve, a obra ainda terá como pendência a confecção das calçadas em 500 metros no trecho central do projeto. No final do ano passado, o engenheiro responsável pela obra, Ivan Amaral, já havia antecipado que a Águas de Joinville precisa passar tubulação no local, mas não conseguiria dentro do prazo porque a empresa contratada desistiu e seria necessário um novo processo licitatório.

O Estado decidiu colocar brita para evitar a lama em dias de chuva e entregar a obra sem as calçadas. A Águas ficará responsável depois por confeccionar as calçadas, o que deve ocorrer na metade do ano.

 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaSuspeito de matar mulher a facadas deve ser indiciado por feminicídio em Joinville https://t.co/t1SfwUamwD #LeianoANhá 38 minutosRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaSuspeito de matar mulher a facadas deve ser indiciado por feminicídio em Joinville https://t.co/bHMqfAeLfX #LeianoANhá 51 minutosRetweet

Veja também

A Notícia
Busca