Professores de Joinville passam por capacitação com especialistas de Singapura - A Notícia

Versão mobile

 

Educação03/03/2018 | 13h26Atualizada em 03/03/2018 | 13h26

Professores de Joinville passam por capacitação com especialistas de Singapura

Município é o primeiro da América do Sul a participar da formação, que ocorre nesta segunda

Professores de Joinville passam por capacitação com especialistas de Singapura A Notícia / Divulgação/Divulgação
Foto: A Notícia / Divulgação / Divulgação

Cerca de 40 professores e gestores da rede municipal de ensino de Joinville vão participar, na próxima segunda-feira, de capacitação com Instituto Nacional de Educação de Singapura, país considerado potência mundial em educação. O projeto “O segredo de Singapura para o sucesso em matemática e ciências” será lançado às 10h, no Sesi da rua Ministro Calógeras. Joinville é primeira cidade da América do Sul a participar da formação.

Com a intenção de melhorar ainda mais o processo de ensino-aprendizagem, os educadores vão receber orientações, entre os dias 5 a 9 de março, com dois especialistas doutores do país asiático. A ideia é compartilhar boas práticas no ensino de matemática e ciências com professores e gestores que atuam no Ensino Fundamental - Anos Finais da rede municipal, podendo impactar mais de 50 mil alunos em todo o município. 

Joinville foi escolhida por causa dos bons resultados da educação, como o melhor Índice de Desenvolvimento da Educação Básica do Sul do Brasil e conquistas de alunos e professores em premiações nacionais.

O projeto é uma realização do Instituto Nacional de Educação de Singapura, Instituto Ayrton Senna (IAS) em parceria com a Secretaria de Educação de Joinville e a Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC), por meio do Movimento Santa Catarina pela Educação. A cerimônia de lançamento terá a presença do prefeito Udo Döhler, o presidente da Fiesc Glauco José Côrte, o diretor de desenvolvimento global do IAS Emilio Munaro e representantes de Singapura. 

Singapura lidera o ranking da educação mundial, segundo o último levantamento do Programa de Avaliação Internacional de Alunos (Pisa, na sigla em inglês), da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Em 2015, a potência ficou em primeiro lugar nas três disciplinas avaliadas: ciências, matemática e leitura, com pontuações bem acima dos demais países mais bem colocados no ranking, como Japão e Hong Kong. 

 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaHomem é baleado na zona Leste de Joinville https://t.co/1MIhKjUprS #LeianoANhá 48 minutosRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaSíndico de residencial é preso como suspeito de mandar matar morador em Joinville https://t.co/CunRHRQ9Wa #LeianoANhá 13 horas Retweet

Veja também

A Notícia
Busca