Morre o padre Luiz Facchini, criador de cozinhas comunitárias em Joinville - A Notícia

Versão mobile

 

Religião05/03/2018 | 16h12Atualizada em 05/03/2018 | 17h27

Morre o padre Luiz Facchini, criador de cozinhas comunitárias em Joinville

Ele era conhecido por ações para combater a fome e a miséria nas comunidades carentes da cidade

Morre o padre Luiz Facchini, criador de cozinhas comunitárias em Joinville Maykon Lammerhirt/A Notícia
Foto: Maykon Lammerhirt / A Notícia

Morreu na tarde desta segunda-feira o padre Luiz Facchini, em Joinville. Ele tinha 76 anos, era natural de Taió e uma longa jornada de ações comunitárias na cidade, com a criação de cozinhas em comunidades carentes e outros projetos sociais. Ainda não há confirmação sobre a causa da morte, mas a suspeita é que o religioso tenha sido vítima de um Acidente Vascular Cerebral (AVC). Na semana passada, ele já havia sofrido um AVC e passou dois dias internado.

Em nota oficial a família disse que ele "teve uma vida dedicada ao próximo, um olhar atento aos menos favorecidos, uma vida de amor e compaixão ao próximo".  A Prefeitura de Joinville também enviou nota lamentando o fato.

Nesta segunda, o padre Facchini havia almoçado com funcionários na fundação que leva seu nome, no bairro Itinga. Por volta das 14 horas, foi para casa para cochilar. Depois, como não acordava, foi constatado o falecimento.  

A Fundação Padre Luiz Facchini Pró Solidariedade e Vida foi criada por ele na década de 1990 e, atualmente, atende 200 crianças no Projeto Cidadão do Futuro e 150 crianças na cozinha comunitária. No ano passado, o religioso voltou a celebrar missas depois de ficar cinco anos afastado, após divergências com o Bispo Dom Irineu Roque Scherer, que faleceu em 2016. 

O velório ocorrerá na Paróquia Cristo Ressuscitado, na rua dos Guararapes, 100, no bairro Floresta, zona Sul de Joinville. Ele começa às 21 horas e, às 21h30, será celebrada missa. Na terça-feira, às 9h30, haverá outra missa também na Paróquia Cristo Ressucitado e, às 15 horas, sairá um cortejo do local até a Catedral de Joinville, no Centro.

Às 16 horas, haverá uma missa de corpo presente na Catedral e, em seguida, o sepultamento na cripta da Catedral.

Confira a última entrevista do padre Luiz Facchini ao AN, em que ele fala sobre retomada de celebrações em paróquias de Joinville


 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaBasquete Joinville estreia nesta segunda-feira contra o Botafogo https://t.co/be6DnzbS3a #LeianoANhá 1 horaRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaOuro no Pan-Americano, Franck Caldeira foi o grande campeão da Corrida 62BI Joinville neste domingo https://t.co/j8FIdWG5o8 #LeianoANhá 11 horas Retweet

Veja também

A Notícia
Busca