Legado do padre Luiz Facchini inspira joinvilense a continuar em projeto - A Notícia

Versão mobile

 

Religião05/03/2018 | 19h07Atualizada em 05/03/2018 | 19h14

Legado do padre Luiz Facchini inspira joinvilense a continuar em projeto

Alcides Porcincula Junior hoje é coordenador do Projeto Cidadão Do Futuro, uma das vertentes da Fundação Padre Luiz Facchini Pró Solidariedade e Vida 

Legado do padre Luiz Facchini inspira joinvilense a continuar em projeto Diorgenes Pandini/Agencia RBS
Foto: Diorgenes Pandini / Agencia RBS

- A figura do padre representava uma perspectiva: de uma sociedade mais justa, mais solidária e mais humana.

As palavras de Alcides Porcincula Junior, 30 anos, tentam definir a trajetória de 24 anos do padre Luiz Facchini, dedicados à transformação social em Joinville. O falecimento dele simboliza uma herança, onde a solidariedade é ferramenta para construir um mundo melhor.

Atualmente, Alcides é coordenador do Projeto Cidadão do Futuro - uma das vertentes da Fundação Padre Luiz Facchini Pró Solidariedade e Vida – e se relacionou diretamente com o clérigo durante quase 10 anos. Entretanto, o caminho dos dois se cruzou bem antes dessa convivência.

 Morre o padre Luiz Facchini, criador de cozinhas comunitárias em Joinville

Alcides conheceu o padre Facchini ainda na infância. À época, ele celebrava as missas na paróquia Nossa Senhora de Belém, no bairro Boehmerwaldt, em que o coordenador frequentava. Em 2008, quando Alcides ingressava na faculdade, começou a realizar estágio na fundação, momento em que se entusiasmou com visão desenvolvimento das comunidades assistidas. Desde então, ele se dedica ao trabalho social iniciado pelo padre.

A jornada de solidariedade do padre é uma inspiração constante para todas as pessoas que conviveram com ele à frente durante os anos de trabalho na fundação. Mesmo não estando fazendo mais parte da administração da fundação, Facchini estava presente no conselho curador e também realizando palestras para as crianças do projeto. A intenção era plantar a semente nos pequenos, demonstrando que a importância das ações solidárias para a transformar a realidade de crianças e adolescentes, na tentativa de tornar a sociedade mais justo e igualitária. 

- Ele tinha muito esse entendimento de solidariedade e igualdade, um homem que se abdicou de seus bens para dedicar à vida ao próximo - conta.

O projeto Cidadão do Futuro atende cerca de 200 crianças e adolescentes, ofertando atividades artísticas e esportivas. A intenção do projeto, conforme Alcides, é suprir “além da fome física das crianças atendidas pelas nas cozinhas comunitária (outro projeto da fundação), a fome cultural, do sabe, de conhecimento e formação”. Desta forma, transformando a vida das crianças em comunidades assistidas e ofertando oportunidades.

Além dessa herança de transformação na sociedade, o padre ainda plantou diversas sementes. De acordo com Alcides, a maior felicidade de Facchini era observar que muitas crianças que passaram pela instituição conseguiram obter um diploma de graduação ou se tornar atletas profissionais. Muitos também retornaram a fundação para ajudar e contribuir com a transformação social e garantir um futuro melhor.

O velório ocorrerá na Paróquia Cristo Ressuscitado, na rua dos Guararapes, 100, no bairro Floresta, zona Sul de Joinville. Ele começa às 21 horas e, às 21h30, será celebrada missa. Na terça-feira, às 9h30, haverá outra missa também na Paróquia Cristo Ressucitado e, às 15 horas, sairá um cortejo do local até a Catedral de Joinville, no Centro.

Às 16 horas, haverá uma missa de corpo presente na Catedral e, em seguida, o sepultamento na cripta da Catedral.

Confira a última entrevista do padre Luiz Facchini ao AN, em que ele fala sobre retomada de celebrações em paróquias de Joinville


 
A Notícia
Busca