Familiares e amigos prestam homenagem ao padre Luiz Facchini em Joinville  - A Notícia

Versão mobile

 

 

Religião06/03/2018 | 14h36Atualizada em 06/03/2018 | 14h39

Familiares e amigos prestam homenagem ao padre Luiz Facchini em Joinville 

Legado deixou marca profunda nos joinvilenses, seja de dedicação em ajudar ao próximo ou de perspectiva de um futuro mais promissor

Familiares e amigos prestam homenagem ao padre Luiz Facchini em Joinville  Gabriela Florêncio/A Notícia
Foto: Gabriela Florêncio / A Notícia

A empatia do padre Luiz Facchini com o próximo foi relembrada diversas vezes por familiares, amigos e fiéis durante missa realizada nesta manhã em Joinville. Em quase 50 anos dedicados a ações de assistencialismo, ajudaram a transformar a realidade de milhares de pessoas, principalmente crianças e adolescentes. Este legado deixou uma marca profunda nos joinvilenses: para alguns, a presença dele simbolizava o exemplo de doação de amor; para outros a perspectiva de um futuro melhor. 

— A grande mensagem que ele deixa é a de ter um olhar pelo outro, o outro é meu irmão, alguém que me ajuda na vida porque ninguém vive sozinho — afirma o bispo da Diocese de Joinville, Dom Francisco Carlos Bach. 

Na visão do bispo, enfrentar o falecimento do padre representa um misto de dois sentimentos. Primeiro a dor da perda: para os outros padres a perda de um irmão; para as crianças e adolescentes dos projetos a perda de um pai e para o Dom Francisco a perda de um filho. O segundo sentimento que permanece é a satisfação em enxergar na luta do padre um legado pela igualdade e de amor ao próximo, “sendo fiel a um dos principais ensinamentos deixados por Jesus Cristo”. 

 JOINVILLE, SC, BRASIL (26-09-2017) - Padre Luiz Fachini volta a celebrar missas em Joinville. (Foto: Maykon Lammerhirt, A Notícia)
Foto: Maykon Lammerhirt / A Notícia

Em pouco tempo de convívio (Dom Francisco assumiu a Diocese há cerca de nove meses), o bispo enxergava em Facchini uma figura de muita resiliência. Conforme ele, mesmo enfrentando dificuldades na trajetória de luta para diminuir a fome e desigualdade social e para mudar na cidade, o padre nunca desistiu de transformar realidades. 

— Tenhamos os nossos olhos voltados um pouco mais para aqueles que precisam. Essa é a grande lição que o padre Luiz deixa em cada um de nós — declara.

Durante a missa realizada nesta manhã, na Paróquia Cristo Ressucitado, centenas de familiares, fiéis e comunidade se reuniram para prestar as últimas condolências a ele, na igreja que ele ajudou a fundar. De acordo com o sobrinho dele, o vereador Rodrigo Fachini, o padre havia passado por um procedimento cardíaco no início de janeiro e chegou a sofrer um principio de AVC, mas se recuperou bem. 

Na manhã desta segunda, se reuniu para almoçar com alguns funcionários da fundação e foi descansar. O irmão dele, padre Justino Fachini, estranhou a demora, foi até o quarto verificar e encontrou o irmão já desacordado, com feição de tranquilidade. Ainda segundo o vereador, como a presença do tio representava muito para o projeto, o futuro das ações será discutido. 

— Neste momento, precisamos de calma e serenidade para discutir o que será feito a partir daqui. Claro que a ausência da figura do tio Luiz também fará muita falta na ação social da fundação padre Facchini — lamenta. 

Da entrada da igreja até quase o altar, onde estava o caixão com o corpo do padre, uma longa fila de fiéis se acumulava. Lágrimas dividiam espaço com expressões de amor e admiração ao legado deixado pelo padre, durante a trajetória no assistencialismo. Pelo menos 22 coroas de flores cercavam o padre, para prestar as condolências. O aposentado Antônio Weinrich estava sentado na primeira fila da igreja e depois de 40 anos de convivência com Luiz Facchimi, compareceu para pedir a missa para uma última benção. 

— Ele representava para mim a fé que eu tenho hoje, os meus pés no chão e muito do que eu sou – descreve o senhor. 

Às 15 desta terça, sairá um cortejo da paróquia até a Catedral de Joinville, no Centro. Às 16 horas, ocorre uma missa de corpo presente na Catedral e, em seguida, o sepultamento na cripta da Catedral.

Legado do padre Luiz Facchini inspira joinvilense a continuar em projeto

 Morre o padre Luiz Facchini, criador de cozinhas comunitárias em Joinville

Confira a última entrevista do padre Luiz Facchini ao AN, em que ele fala sobre retomada de celebrações em paróquias de Joinville


 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaJogo entre o líder e o vice-líder da Liga agita o Centreventos nesta sexta-feira https://t.co/pjwhR0PjVX #LeianoANhá 42 minutosRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaMárcio Fernandes monta o JEC com cinco mudanças no time https://t.co/qdBnJ4x5Tl #LeianoANhá 6 horas Retweet

Veja também

A Notícia
Busca