"Situação está sob controle", diz prefeito Udo Döhler - A Notícia

Versão mobile

Alagamentos no Norte17/01/2018 | 15h31Atualizada em 17/01/2018 | 16h09

"Situação está sob controle", diz prefeito Udo Döhler

Alerta fica para a previsão do tempo desta quarta para quinta-feira,em caso de aumento no volume de chuvas, o que aumenta possibilidade de decretar estado de emergência

"Situação está sob controle", diz prefeito Udo Döhler Rogerio da Silva/Secom,divulgação
Foto: Rogerio da Silva / Secom,divulgação
A Notícia
A Notícia

Em entrevista à NSC TV nesta quarta-feira em Joinville, o prefeito Udo Döhler falou sobre a mobilização dos órgãos da prefeitura para dar assistência às vítimas dos alagamentos na cidade. Na manhã desta quarta, o prefeito também sobrevoou o bairro Vila Nova, o mais afetado pelas fortes chuvas que atingiram a região.

— O corpo de bombeiros voluntários está nos dando uma contribuição importante, atuando com quatro equipes no bairro Vila Nova, o bairro que mais sofre. Uma outra equipe está no bairro do Paraíso. Por ora, situação está sob controle — ressalta o prefeito. 

Udo reforça que, se não ocorrer uma precipitação pluviométrica maior, a situação pode ser controlada e não será necessário decretar estado de emergência. O alerta fica para a previsão do tempo desta quarta para quinta-feira,caso aumente o volume de chuvas. 

Sobre a limpeza das bocas de lobo e dos rios, questionado na entrevista se o cronograma estaria atrasado, o prefeito reforça que as obras de limpeza estão sendo retomadas em 2018 "com uma velocidade maior", e mais recursos para a área de drenagem. Mas justifica que, mesmo com toda a infraestrutura disponível, o alto volume de chuvas, em um curto espaço de tempo, a inundação seria inevitável.

O bairro Vila Nova, na zona Oeste de Joinville, é o mais afetado pelas cheias. Isso ocorre principalmente por causa do rio Águas Vermelhas, que passa por obras de dragagem, que ainda não foram concluídas, mas já estão em andamento. 

— A precipitação que ocorreu, mesmo com o alargamento dos Águas Vermelhas, não teríamos evitado.É claro que essa dragagem, que já está em curso, vai contribuir, mas precipitações como essa que ocorreu de ontem pra hoje, não evitariam essa inundação.O início dos trabalhos de dragagem contribuiu para que a situação ainda não fosse mais grave que essa que estamos vivendo agora.

A prefeitura já tem dois abrigos disponíveis para moradores em caso de desalojados, e está sendo estudada a possibilidade de disponibilizar mais três. Até o momento, apenas um está sendo utilizado, no bairro Jardim Sofia, na escola de educação básica senador Rodrigo Lobo. Cerca de 15 famílias, aproximadamente 60 pessoas, estão alojadas no local.

Leia também:

Bairros das regiões Norte, Oeste e Central foram os mais afetados em Joinville

Joinville registra 23 casos de deslizamentos 

Pelo menos 15 famílias estão desalojadas em Joinville 

Águas de Joinville oferece desconto para famílias atingidas 

Confira os serviços impactados por causa do volume de chuvas 

Alagamentos restringem serviço de transporte

Sete bairros de Joinville têm abastecimento comprometido por causa das chuvas

Alagamentos interditam acesso ao Vila Nova

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaAcidente entre carro e moto deixa duas pessoas feridas na SC-418 https://t.co/LSYn4pBIJ2 #LeianoANhá 11 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaCorpo de mulher é encontrado em rio na noite de sexta-feira https://t.co/KpPGutrRtY #LeianoANhá 15 horas Retweet

Veja também

A Notícia
Busca