Servidores dos PAs decidem encerrar greve em Joinville - A Notícia

Versão mobile

 

Serviço público02/01/2018 | 13h02

Servidores dos PAs decidem encerrar greve em Joinville

Decisão foi tomada em assembleia na manhã desta terça-feira. Eles voltam aos trabalhos na quarta-feira

Servidores dos PAs decidem encerrar greve em Joinville Aline Seitenfus/Sinsej
Foto: Aline Seitenfus / Sinsej

Os servidores que trabalham nos pronto-atendimentos (PAs) decidiram encerrar a greve nesta terça-feira após uma assembleia realizada durante a manhã em Joinville. A paralisação começou em 11 de dezembro e teve duração de 23 dias. Eles voltam ao trabalho a partir desta quarta-feira.

Leia as últimas notícias sobre Joinville e região no AN.com.br

Segundo o Sindicato dos Servidores Públicos de Joinville (Sinsej), 90% dos servidores dos PAs aderiram à greve. O movimento cobrava duma solução da Prefeitura para a falta de segurança, materiais e profissionais nos PAs, o comprometimento do governo em aumentar a gratificação e o pagamento de abono por trabalharem durante o final de ano.

O sindicato informou que o abono não foi pago e que a Prefeitura se comprometeu em avaliar a gratificação para esses servidores. O Sinsej solicitou que essa avaliação seja realizada até a data da campanha salarial de 2018.

A categoria também informou que na próxima terça-feira começam as reuniões de uma comissão paritária para discutir as condições de trabalho dos servidores municipais.

Segundo a Prefeitura, o sindicato ainda não comunicou o município sobre a decisão tomada em assembleia. Por enquanto, está mantido o atendimento de urgência e emergência nos PAs da cidade.

 
A Notícia
Busca