Moradores do Jardim Paraíso promovem batalha de MCs em Joinville - A Notícia

Versão mobile

AN no Jardim Paraíso01/11/2017 | 06h20Atualizada em 01/11/2017 | 13h01

Moradores do Jardim Paraíso promovem batalha de MCs em Joinville

Bairro vira palco de batalha carregada de rimas e crítica social

Moradores do Jardim Paraíso promovem batalha de MCs em Joinville Salmo Duarte/A Notícia
Batalhas contam com 16 MCs, divididos em chaves Foto: Salmo Duarte / A Notícia
Alex Sander Magdyel
Alex Sander Magdyel

alex.cardoso@somosnsc.com.br

Em todo segundo domingo do mês, o Jardim Paraíso vira palco de uma batalha musical carregada de rimas e crítica social. Desde o ano passado, um grupo de moradores promove a Batalha do Paraíso, evento que reúne MCs que duelam de forma individual ou em dupla. A Batalha do Paraíso tem entrada gratuita e é realizada na rua Andrômeda. Os autores das melhores rimas são premiados.

Acreditando no rap como uma forma de protesto, moradores decidiram entrar na onda de batalhas que surgiam em Joinville e iniciar o evento no Jardim Paraíso. Embora o ritmo predominante seja o rap, o evento é aberto a diferentes culturas, explica Odineia da Silva da Veiga, 30 anos, uma das organizadoras do evento, que também conta com seu marido, Uderon Alves da Veiga, o DJ Mano, de 31 anos. Segundo Odineia, cerca de 200 pessoas participam de cada edição do evento.

Leia as últimas notícias de Joinville e região

– O Jardim Paraíso tem muitos MCs, mas estão no anonimato. O rap é uma forma de protesto, de contar o que a gente vive. Ainda há muito preconceito com o nosso bairro. Estamos quebrando vários paradigmas com a batalha. É disso que Joinville precisa - defende Odineia. Ela e DJ Mano tem dois filhos, um de oito e outro de 13 anos, que já dão seus primeiros passos no rap. Os nomes artísticos dos dois são MC Zé e MC Rafa.

As batalhas costumam contar com 16 MCs, divididos em chaves. Quem não sabe rimar também pode participar do evento. Há espaço para poesia, dança e outros ritmos musicais. O evento reúne MCs de Joinville e da região. A programação do evento é divulgada na fanpage da Batalha do Paraíso.

 JOINVILLE,SC,BRASIL,24-10-2017.An no Bairro Jardim Paraiso.Batalha no Paraiso.Fábio Roberto de Jesus.(Foto:Salmo Duarte/A Notícia)
Para MC Utópiko, evento é uma alternativa capaz de "resgatar o sonho dos jovens que são estigmatizados"Foto: Salmo Duarte / A Notícia

Na última edição do evento, no dia 15 de outubro, Fábio Roberto de Jesus, de 31 anos, também conhecido como MC Utópiko, participou da Batalha do Paraíso. Ele mora no bairro Adhemar Garcia, na zona Sul de Joinville, mas diz que “participa religiosamente” das batalhas no Jardim Paraíso. Fábio faz freestyle desde 2006 e é mestre de cerimônias em outras batalhas da cidade. Ele considera que o evento é uma alternativa capaz de “resgatar o sonho dos jovens que são estigmatizados”.

– A Batalha do Paraíso é essencial para a cena do rap. Os moradores têm que abraçar os eventos que a comunidade mesmo proporciona para mostrar que o bairro está unido e mudar a visão que muitos têm do Jardim Paraíso. É um lugar de trabalhadores honestos. Sempre fui muito bem recebido – afirma Fábio, que diz que suas músicas tratam de temas críticos sobre o cotidiano da cidade. Ele é criador da fanpage Som do Diamante, canal em que publica entrevistas com outros rappers da cidade.

 JOINVILLE,SC,BRASIL,24-10-2017.An no Bairro Jardim Paraiso.Batalha no Paraiso.(Foto:Salmo Duarte/A Notícia)
Batalha do Paraíso tem entrada gratuita e é realizada na rua AndrômedaFoto: Salmo Duarte / A Notícia

Leia mais reportagem do AN no Jardim Paraíso:
Conheça a curiosa história da onça do Paraíso
Pastoral cuida da saúde de mães e crianças do Jardim Paraíso
Líder comunitária do Jardim Paraíso relembra conquistas do bairro
Voluntário dá aulas gratuitas para crianças e adolescentes no bairro
Escola fruto de projeto voluntário atende a 45 crianças no Jardim Paraíso
Conheça Rolf Otto, uma referência para falar sobre o bairro Jardim Paraíso

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaLoetz: Secovi quer mais recursos de bancos para financiamento de imóveis https://t.co/e8H7HzchSr #LeianoANhá 1 minutoRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaDeap mobilizará 700 agentes em reforço das cadeias de SC no fim do ano https://t.co/mCV40NwD2V #LeianoANhá 4 horas Retweet

Veja também

A Notícia
Busca