Quase uma tonelada de lixo é retirada de rio que corta pista do Aeroporto de Joinville - A Notícia

Versão mobile

Meio ambiente25/10/2017 | 21h10Atualizada em 25/10/2017 | 21h10

Quase uma tonelada de lixo é retirada de rio que corta pista do Aeroporto de Joinville

A ação foi realizada por causa da Semana Lixo Zero, que ocorrem até 29 de outubro

Quase uma tonelada de lixo é retirada de rio que corta pista do Aeroporto de Joinville /
Voluntários participaram da atividade durante esta quarta-feira

Quase uma tonelada de resíduos foi retirada de um percurso de apenas 300 metros do rio Iririú-Guaçu, que passa próximo à pista de pouso e decolagens do aeroporto Lauro Carneiro de Loyola. Como ação da Semana Lixo Zero 2017, a Infraero, que administra o aeroporto; em parceria com o Corpo de Bombeiros Voluntários e com o Coletivo Ação de Limpeza de Mangues, Praias e Rios de Joinville, promoveu a atividade nesta quarta-feira, 25 de outubro.

O Corpo de Bombeiros disponibilizou dois barcos e, pela manhã, as equipes percorreram um pouco mais de 50 metros em menos de uma hora, quando tiveram de retornar por causa da maré baixa.  Apenas nesse percurso, foram retirados cinco sacos de 300 litros cheios, principalmente de material plástico, como garrafas e sacos, restos de televisores, calçados, brinquedos e garrafas de vidro. À tarde, as equipes retornaram ao rio, de onde retiraram mais 10 sacos cheios, que junto com resíduos de maior porte, encheram uma caçamba. Num percurso de cerca de 150 metros, foram retirados mais televisores, variados tipos de plásticos e oito capacetes de motocicleta.

O gerente de Operações do aeroporto, Paulo Vinícius Davanço, explicou que os resíduos são trazidos pela maré, vindos da baía da Babitonga, e ficam acumulados no mangue às margens do rio. 

— Assim como a maré traz, ela leva, mas muitos resíduos ficam presos na mata do mangue. E hoje vimos que retirar tudo da mata é parte mais difícil do trabalho de limpeza — explicou. 

O gerente da sessão contra incêndios da unidade do Corpo de Bombeiros Voluntários sediada no Lauro Carneiro de Loyola, Salomão Peruzzo, disse que ficou impressionado com a quantidade de lixo existente naquela área. 

— Ainda não tínhamos entrado nesse rio e foi uma surpresa. Tem mais lixo do que imaginávamos. Por causa da mata que cobre às margens, não era possível ver essa quantidade de resíduos — disse.

Lixo descartado de forma incorreta é a causa da poluição dos rios de Joinville

Uma das coordenadoras do Coletivo Ação de Limpeza, Kátia Baeta, também se surpreendeu. Já participei de algumas ações como essa em alguns locais de Joinville e não imaginava que uma área escondida e nem tão perto de residências pudesse acumular tanto lixo. 

— Além dos resíduos trazidos pela maré, vimos nas margens alguns materiais utilizados por pescadores ou quem anda de barco. Pode ser que as pessoas venham pescar e acabam deixando seu lixo ali — observou. 

Os tipos de resíduos encontrados no rio e que acabam sendo levados para o mar não diferem dos demais recolhidos em outras áreas da cidade, como a região da praia da Vigorelli e Portal do Mar, onde também foram realizadas ações de limpeza recentemente. 

— Observamos que muitos resíduos que poderiam ser destinados à reciclagem ainda são descartados sem qualquer cuidado, em qualquer lugar, e por isso acabam alcançado rios e chegando ao mar. Com estas ações de conscientização da Semana Lixo Zero, esperamos que a cada ano, essa quantidade de lixo diminua. É para isso que realizamos essa mobilização — comenta um dos coordenadores do evento em Joinville, Arthur Rancatti.

Infraero deve continuar ações de limpeza no local

Ao verificar a quantidade de resíduos retirado do rio próximo à pista do aeroporto, o superintendente da Infraero, Rones Rubens Heidemann, que esteve presente no início da limpeza, disse que outras ações semelhantes serão realizadas pelo órgão. 

— A Infraero está orgulhosa em participar da Semana do Lixo Zero e estaremos presentes sempre que pudermos contribuir com o meio ambiente. Esta foi somente a primeira de muitas ações que faremos para diminuir a quantidade de lixo no rio Iririu-Guaçu nas proximidades do aeroporto de Joinville — disse.

As atividades da quarta edição da Semana Lixo Zero Joinville, que este ano aborda o tema "Cidades Lixo Zero", ocorrem até o dia 29 de outubro. A mobilização promove a discussão e a reflexão sobre a gestão de resíduos em diversos segmentos da sociedade. A agenda completa de atividades pode ser conferida no site www.semanalixozerojoinville.com.br

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaMotorista colide contra viatura da PM na área Central de Joinville https://t.co/VpBrz0U5aa #LeianoANhá 8 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaDois homens morrem após ação de combate ao tráfico de drogas em Araquari https://t.co/ug6GIjF79N #LeianoANhá 9 horas Retweet

Veja também

A Notícia
Busca