Motoristas de Uber realizam protesto no aeroporto de Joinville - A Notícia

Versão mobile

Manifestação10/07/2017 | 21h38Atualizada em 10/07/2017 | 21h38

Motoristas de Uber realizam protesto no aeroporto de Joinville

Condutores reclamam de constantes ameaças e agressões de taxistas. Os motoristas de táxi reclamam de provocações e pedem regulamentação do serviço

Motoristas de Uber realizam protesto no aeroporto de Joinville Divulgação / Divulgação/Divulgação
Motoristas de Uber levantam cartazes na área de embarque e desembarque Foto: Divulgação / Divulgação / Divulgação

Motoristas do Uber realizaram um protesto na noite desta segunda-feira no aeroporto de Joinville. Segundo um condutor, que não quis se identificar, o ato foi motivado pelas constantes ameaças e agressões de taxistas contra os motoristas do aplicativo.

Leia as últimas notícias sobre Joinville e região no AN.com.br

Eles entraram na área de embarque e desembarque, estacionaram em fila e levantaram cartazes defendendo o direito de escolha dos usuários, a regulamentação do serviço na cidade e o fim da violência.

— Fizemos esse ato pacífico para chamar a atenção das autoridades para que regulamentem o Uber. Não impedimos ninguém de entrar ou sair do aeroporto — explicou o motorista.

Os manifestantes iniciaram o protesto por volta das 18 horas e permaneceram no local durante aproximadamente uma hora. Diante do ato, os taxistas também protestaram contra o aplicativo e o serviço.

Taxistas também protestam do lado de fora do aeroporto Foto: Maykon Lammerhirt / Agencia RBS

De acordo com os taxistas, há motoristas de Uber que param nos pontos de táxi do aeroporto e outros que passam para deixar ou pegar passageiros e provocam os taxistas que trabalham no local. Atualmente, 22 profissionais estão licenciados para exercer a atividade no terminal.

— Nós não queremos proibir eles. Já desistimos disso. Nós queremos a regulamentação e a Prefeitura está omissa sobre isso — afirmou o taxista Eder Caetano.

Segundo Eder, os taxistas estão perdendo condições de trabalho porque eles vivem disso e dependem dessa renda. Ele afirmou que há motoristas que já não estão conseguindo mais ter lucro o suficiente para pagar as contas.

A Polícia Militar esteve no local para acompanhar todo o ato até o final. Eles também impediram os taxistas de fecharem a rua com pneus.

 
 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaExpectativa após acordo com o Mercosul anima empresários brasileiros em feira na Colômbia https://t.co/bLAEBHADUV #LeianoANhá 2 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaTêxteis do Vale marcam presença em feira de moda na Colômbia https://t.co/WMIaSx6Mr7 #LeianoANhá 2 horas Retweet

Veja também

A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros