Polícia vai apurar se refinaria clandestina teria recebido petróleo furtado em Itapoá - A Notícia

Versão mobile

Operação23/06/2017 | 21h22Atualizada em 23/06/2017 | 21h26

Polícia vai apurar se refinaria clandestina teria recebido petróleo furtado em Itapoá

Empresa de São Francisco do Sul foi embargada nesta sexta-feira por irregularidades

Fiamoncini mostra material encontrado na empresa
Foto: Hassan Farias / Agencia RBS

Com os resultados dos laudos comprovando a presença de petróleo ou derivados no material coletado na empresa Ilheus, de São Francisco do Sul, a Polícia Civil agora vai investigar a procedência do material. Uma das suspeitas é de que ele foi desviado e furtado dos dutos da Petrobrás, podendo ter relação com o caso registrado no mês passado em Itapoá, onde foi descoberto o furto de petróleo após um vazamento. Havia uma perfuração feita na rede para a conexão com um caminhão-tanque, que extraía o material irregularmente. 

Leia as últimas notícias sobre Joinville e região no AN.com.br

— Não há motivos para não acreditar que parte ou todo petróleo que foi retirado das tubulações de Itapoá e gerou aquele acidente não tenha sido trazidos para cá, para refino, processamento e, depois, venda ilegal no mercado — aponta o delegado.

O policial rodoviário federal Adriano Fiamoncini também reforça que o petróleo supostamente roubado poderia ser usado para dois fins: transporte do produto para outros Estados ou refino para venda a postos de combustíveis sem bandeira. Mas só a investigação poderá comprovar origem e o destino do petróleo.

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaTrês bairros de Joinville têm bastecimento comprometido nesta quinta-feira https://t.co/tyI42xFT7M #LeianoANhá 27 minutosRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaPequenos construtores reclamam da Caixa Econômica em Joinville https://t.co/jiKFsxCTpG #LeianoANhá 1 horaRetweet

Veja também

A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros