Das 53 mortes registradas por suicídio em Joinville em 2016, 45 eram de homens - A Notícia

Versão mobile

Dê uma chance para a vida03/06/2017 | 08h05Atualizada em 03/06/2017 | 15h05

Das 53 mortes registradas por suicídio em Joinville em 2016, 45 eram de homens

Eles pertencem ao maior grupo de risco em qualquer idade ou situação

Das 53 mortes registradas por suicídio em Joinville em 2016, 45 eram de homens Robson Bruning/Agencia RBS
No Estado, no ano passado, foram contados 660 casos de suicídio, dos quais 507 eram de pessoas do gênero masculino. Foto: Robson Bruning / Agencia RBS

Segundo as estatísticas, a maior semelhança entre as pessoas que mais cometem suicídio é ter nascido homem. Eles fazem parte do grupo de risco em qualquer idade e situação. Em Joinville, das 53 mortes registradas em 2016 por suicídio, 45 eram homens. Entre 2012 e 2016, a cidade teve 197 suicídios e, destes, apenas 42 eram mulheres. Neste período, dez meninos adolescentes tiraram a própria vida, enquanto uma morte de menina com idade de 15 a 19 anos foi contabilizada. 

Quando observadas outras cidades da região Nordeste de Santa Catarina, entre 2012 e 2016, todos os suicídios registrados em Araquari, Balneário Barra do Sul, Itaiópolis, Massaranduba e Schroeder foram de homens. No Estado, no ano passado, foram contados 660 casos, dos quais 507 eram de pessoas do gênero masculino.

:: Saiba o que fazer se alguém falar sobre cometer suicídio ::

Em todo o mundo, as mortes por suicídio são pelo menos três vezes maiores entre os homens do que entre mulheres. Acredita-se que isso aconteça porque, tanto na cultura ocidental quanto na oriental, o gênero masculino está ligado a papéis e características que impedem a busca por ajuda e a possibilidade de expressão dos sentimentos de tristeza, angústia e medo. 

As mulheres – que praticam tentativas de suicídio três vezes mais – costumam aceitar mais facilmente a possibilidade de um transtorno emocional, além de ter redes de amizade mais fortes e se engajarem em atividades familiares e sociais até o fim da vida, o que garante sentimento de participação na sociedade até a terceira idade, faixa etária que registra muitos suicídios de homens.

– As mulheres tentam mais [o suicídio], mas geralmente utilizam formas menos violentas, como medicamentos, que facilitam o salvamento. Já os homens o praticam com armas de fogo ou enforcamento – afirma o professor e psiquiatra Cláudio Simões Claudio. 

Leia mais: 
Como identificar sintomas que podem ser indícios de depressão e de comportamentos suicidas
Saiba onde buscar ajuda para tratamento da depressão em Joinville


Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaMotorista colide contra viatura da PM na área Central de Joinville https://t.co/VpBrz0U5aa #LeianoANhá 7 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaDois homens morrem após ação de combate ao tráfico de drogas em Araquari https://t.co/ug6GIjF79N #LeianoANhá 8 horas Retweet

Veja também

A Notícia
Busca