Saavedra: Rodovias estaduais da região Norte podem ter pedágio - A Notícia

Versão mobile

Portal21/03/2017 | 07h11

Saavedra: Rodovias estaduais da região Norte podem ter pedágio

Governo do Estado avalia dar a concessão para melhorar as condições das pistas e a manutenção.

Se a Assembleia Legislativa aprovar o projeto de mudança na SC Parcerias, em tramitação desde o final de 2015, a possibilidade de concessão das rodovias estaduais fica mais perto. A proposta deve passar por ajustes e ir a plenário nas próximas semanas, conforme aponta o líder do governo, Darci de Matos (PSD).

O governo do Estado aborda a medida há dois anos, com alegação de falta de recursos para a manutenção. Ainda não foram adiantadas quais estradas serão concedidas. Na região de Joinville, as vias em piores condições, com necessidade urgente de recape, são a SC-416 e a SC-417, entre Itapoá e Garuva, e o acesso entre São Francisco do Sul e as praias (Reta).

Em São Chico, está perto de ser fechada parceria com empresários para bancar parte do recape. Nas próximas semanas, a ADR de Joinville deve iniciar nova etapa de tapa-buracos nas demais rodovias estaduais da região. O acesso ao Distrito Industrial pela BR-101, tomado de buracos, está mapeado para os reparos.

Arquivo
O Ministério Público Federal arquivou representação sobre as obras de macrodrenagem do rio Mathias em Joinville. Foi informado que o convênio da Caixa com a Prefeitura não previa estudos de impacto de vizinhança, nem dos reflexos econômicos no entorno. E como não foram encontradas irregularidades no uso do repasse federal, o caso foi passado para o MP estadual para análise de eventuais questões locais.

Novos binários
A próxima intervenção no trânsito de Joinville após a ampliação do binário das ruas São Paulo e Santa Catarina também será na zona Sul. Para tentar dar mais velocidade ao congestionado trânsito da rua Florianópolis, principalmente no trecho dos semáforos nos cruzamentos com a Graciosa, Guanabara, Emílio Stock e Valência, será adotada mão única nessas ruas.

No futuro
Assim, perto da rua Florianópolis, trecho da Graciosa vai fazer binário com a Guanabara. O mesmo será feito em relação à Emílio Stock e à Valência. Desse forma, será possível dar mais tempo de sinal verde nos semáforos para quem transita na Florianópolis. Mais adiante, será a vez do binário da Monsenhor Gercino com a Florianópolis e ampliação do binário da Tuiuti com a Guaíra, este no Iririú.

Ficou difícil
A análise jurídica da Câmara de Joinville foi contra o projeto de Tânia Larson (SD) de permitir o transporte de animais nos ônibus urbanos, e a Comissão de Legislação aprovou ontem parecer contrário. Tal proposta não estaria prevista no contrato de concessão do transporte coletivo e poderia criar insegurança jurídica. Há chance ainda de ser votado em plenário, mas as possibilidades de aprovação caíram bastante.

Não dá
A Secretaria de Planejamento Urbano considera o uso da mão inglesa na rua Otto Nass, entre a Santos Dumont e Tenente Antônio João, como medida adequada para dar mais fluidez no trânsito. Só que a medida não será adotada por questões de segurança: a Otto Nass tem laterais e poderia dar confusão.
 
Regulação
A Agência Reguladora Intermunicipal de Saneamento, a Aris, foi a escolhida pela Prefeitura de Joinville para fazer a regulação dos serviços de água e esgoto da cidade, hoje concedidos à Águas de Joinville. Hoje, a Amae faz esse trabalho, mas a agência será extinta assim que a Aris for contratada – a extinção foi aprovada em janeiro.

Custo
A transferência da regulação da Amae para a Aris está em análise na Câmara de Vereadores. A Aris, criada na região Oeste em iniciativa da Federação Catarinense dos Municípios, é um consórcio com atendimento a 178 municípios. À Amae, a Águas de Joinville paga perto de R$ 85 mil mensais. A Aris tem taxa de dez centavos por habitante, o que dá R$ 57 mil no caso de Joinville.

Vez da ARCD
Foi publicada nesta segunda-feira a homologação da decisão do Conselho Municipal de Saúde de aceitar o novo formato de repasse da Prefeitura de Joinville para a ARCD por meio da Secretaria de Fazenda. Em princípio, será mantido o montante de R$ 180 mil, sem a redução para R$ 40 mil se observada a tabela do SUS. Mas decisão definitiva mesmo só em junho, quando vence a prorrogação do atual convênio.

Caiu do nada
A queda de uma árvore na Alexandre Döhler, no Centro de Joinville, levou à interdição da rua durante a tarde de ontem para a remoção da vegetação. O incidente surpreendeu os moradores porque não chovia forte na cidade naquele momento. Ninguém ficou ferido.

Museu
O Ministério Público de Santa Catarina realmente analisou a situação do Museu da Bicicleta de Joinville, com inquérito aberto no início de 2015 após denúncia. O questionamento seria sobre a manutenção de acervo particular em espaço público.

Nada
No entanto, a investigação da 13ª Promotoria de Joinville foi arquivada ainda em novembro daquele ano porque não foi “constatada a apropriação de recursos públicos, dano ao erário, tampouco de qualquer outro ato que pudesse configurar a prática de improbidade administrativa”.

Pendenga
O questionamento do MP esteve entre as alegações da Prefeitura de Joinville para providenciar o fechamento temporário do Museu da Bicicleta até que o acervo de bicicletas e peças de Valter Bustos seja retirado pelo colecionador. Mas como o MP já arquivou a história (se tem nova apuração, não aparece mo sistema), fica claro que a Prefeitura não queria mais Bustos como coordenador do museu e, por causa disso, seu acervo terá de ser removido. 

Brasília
Além das agendas anunciadas na semana passada, como a visita à Secretaria do Tesouro Nacional, para tentar a liberação dos US$ 70 milhões do BID, e à Defesa Civil, Mauro Mariani está tentando com que Udo Döhler seja recebido pelo ministro da Saúde, Ricardo Barros, na visita a Brasília na quinta-feira. Há um pedido para Joinville a ser reforçado – o deputado prefere não adiantar sobre qual seria. Eliseu Padilha (Casa Civil) também está no roteiro.

Vagas em CEIs
No edital anterior de compra de vagas na rede particular da educação infantil, a Secretaria de Educação de Joinville deixou de comprar em torno de 700 vagas porque vários estabelecimentos foram inabilitados durante a concorrência. O novo edital prevê a compra de mais de 1,3 mil vagas, em ampliação para tentar reduzir o déficit.

Dança das cadeiras
Luiz Cláudio Gubert foi para a assessoria do gabinete de Fernando Krelling na Câmara de Joinville e seu cargo de assessor especial da presidência será ocupado por Ednaldo Marcos.
 
Como é?

Governista, o vereador Richard Harrison (PMDB) está perguntando à Prefeitura de Joinville quais são os critérios usados para definir as ruas a serem pavimentadas.

PAC em Joinville
Depois da obra da revitalização da São Paulo, com concreto no corredor de ônibus, será a vez de trecho da Beira-rio, ainda não licitado.

Vai cair
Uma mão inglesa a ser desativada logo em Joinville é a da rua Rio do Sul, entre a Getúlio Vargas e a São Paulo, no Bucarein.

Melhor não ir
O deputado João Rodrigues telefonou para Udo Döhler para convidá-lo para seu aniversário de 50 anos, com festa em Chapecó. Udo agradeceu, mas preferiu não aparecer, seria se apresentar como candidato ao governo do Estado.

A NOTÍCIA

Notícias Relacionadas

Portal 14/02/2017 | 07h01

Saavedra: Nova lei do transporte ilegal já fez dez notificações envolvendo o Uber

Antes da nova legislação, haviam sido 30 notificações aos carros de Uber em Joinville

Portal 07/11/2016 | 07h02

Justiça nega paralisação das obras de drenagem no rio Mathias

Ação judicial de moradores cobra laudos e estudos de impacto

Portal 06/10/2016 | 07h02

Saavedra: Corrida na Justiça para impedir a votação da LOT

Outras três ações devem ser protocoladas ainda esta semana para tentar suspender andamento da votação do projeto

Portal 29/09/2016 | 07h01

Saavedra: Último balanço mostra recuo no peso da folha de pagamento da Prefeitura de Joinville

A despesa mensal esteve em média em R$ 61 milhões nos últimos 12 meses

Portal 07/09/2016 | 07h04

Jefferson Saavedra: Aumentam os roubos de celulares em Joinville

No mês passado, foram 42 casos registrados apenas na Zona Sul

AN Portal 13/08/2016 | 07h31

Peso da folha será o maior desafio do próximo prefeito de Joinville

Ainda sem o reajuste de 2016, folha de pagamento está em R$ 790 milhões anuais

AN Portal 17/02/2016 | 09h23

Jefferson Saavedra: Fiscalização dos bombeiros militares atende a pedido do MP em Joinville

Bombeiros militares estão fiscalizando hotéis e pousadas na cidade

 
 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaFlorianópolis tem noite de ataques a bases policiais e intenso tiroteio https://t.co/GvwOlbwkFg #LeianoANhá 6 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaFlorianópolis tem noite de atentados a bases policiais e intenso tiroteio https://t.co/AJl6t8DsGp #LeianoANhá 6 horas Retweet

Veja também

A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros