Prefeitura de Joinville lança novo edital para compra de vagas em creches particulares - A Notícia

Versão mobile

Educação 20/03/2017 | 09h00

Prefeitura de Joinville lança novo edital para compra de vagas em creches particulares

Atualmente, há de 3 mil a 4 mil crianças em lista de espera para vagas em centros de educação infantil

Prefeitura de Joinville lança novo edital para compra de vagas em creches particulares Maykon Lammerhirt/Agencia RBS
Luciana Godril, 36 anos, é uma das mães que luta por vaga para a filha em CEI de Joinville Foto: Maykon Lammerhirt / Agencia RBS

A Secretaria de Educação publicou edital de chamamento público para seleção de instituições educacionais particulares interessadas em firmar contrato para atendimento de 1.360 crianças de cinco meses a cinco anos na Educação Infantil de Joinville.

Leia as últimas notícias
Lista de espera por vagas nos CEIs de Joinville oscila entre 3 mil e 4 mil

Poderão participar entidades educacionais privadas regularmente constituídas, com sede no município de Joinville. Não podem participar entidades que não estejam regularmente constituídas, estrangeiras que não estão autorizadas a funcionar no território nacional; em falência ou concordata, que se encontre em processo de recuperação judicial ou extrajudicial.

Também não pode entidade tenha como dirigente membro de poder municipal ou do Ministério Público, que não possua cadastro e atestado de funcionamento junto ao Conselho Municipal de Educação ou com cadastro suspenso.

Os interessados em participar do edital deverão apresentar a documentação com a proposta nos moldes do plano de trabalho até dia 31/03/2017, das 8 às 14 horas, na Gerência de Planejamento, da Secretaria de Administração e Planejamento, na sede da Prefeitura.

O julgamento das entidades participantes será realizado pela Comissão de Seleção Técnica e Comissão de Seleção de Habilitação. A proposta deve informar a quantidade de vagas por período/faixa etária, por item e região correspondente ao endereço de suas instalações e local onde ocorrerá o atendimento. Além de relatório de atividades a serem realizadas no período da habilitação, regimento Interno e projeto Político Pedagógico.

Após a fase de habilitação das entidades participantes e respectiva distribuição das vagas, o município homologará o edital e divulgará o resultado do julgamento no site da Prefeitura. Ocontrato terá vigência a partir da data da sua assinatura até 15/01/2018.

A entidade não pode cobrar da família qualquer valor de alimentação, uniforme, material escolar, apostilas, higiene, limpeza, matrícula, mensalidade ou qualquer insumo ou serviço.

A NOTÍCIA

Notícias Relacionadas

Joinville que Queremos 18/06/2016 | 07h01

Entenda como Joinville se prepara para receber os recém-nascidos e dá suporte às grávidas atendidas na rede pública

No ECA, há um capítulo inteiro sobre a vida e a saúde como direitos fundamentais

OPINIÃO 17/06/2016 | 09h30

Direitos e Deveres

Sérgio Ricardo Joesting, promotor de justiça da infância e juventude fala sobre o ECA; para ele, a crise não é somente econômica ou política, é de falta de respeito

Joinville que Queremos 17/06/2016 | 09h01

Livro reúne relatos sobre aplicação do ECA no Norte de Santa Catarina

A publicação, com 270 páginas, faz um resgate histórico inédito no Brasil

Tema em discussão 16/06/2016 | 07h03

Joinville que Queremos: o que as crianças sabem sobre seus direitos

Desde cedo, as escolas ensinam, em sala de aula, sobre os direitos da criança e do adolescente. Como você encara o assunto? Durante 12 dias, o “AN” terá reportagens especiais sobre o tema

 
 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaJEC solicita à CBF a antecipação do horário do jogo contra o Macaé https://t.co/tBg30e0dMN #LeianoANhá 5 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaPM apreende três armas, drogas e munições em ocorrência em Blumenau https://t.co/ttMSX7UZR6 #LeianoANhá 5 horas Retweet

Veja também

A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros