Alunos de três escolas de Joinville terão nova rotina a partir do ano que vem - A Notícia

Versão mobile

Ensino médio integral23/11/2016 | 07h13

Alunos de três escolas de Joinville terão nova rotina a partir do ano que vem

Presidente Médici, no bairro Boa Vista; Senador Rodrigo Lobo, no Jardim Sofia; e Annes Gualberto, no Iririú, vão oferecer 120 vagas cada

Alunos de três escolas de Joinville terão nova rotina a partir do ano que vem Maykon Lammerhirt/Agencia RBS
Luiz e Andressa gostaram da mudança Foto: Maykon Lammerhirt / Agencia RBS

Três escolas de Joinville vão oferecer aos alunos a opção de estudar no ensino médio integral a partir de 2017. São elas: Presidente Médici, no bairro Boa Vista; Senador Rodrigo Lobo, no Jardim Sofia; e Annes Gualberto, no Iririú. Estas unidades terão carga horária ampliada para os alunos do primeiro ano do ensino médio, e as aulas serão dadas das 7h30 às 17h15 em quatro dias da semana. No quinto dia, o horário será das 7h30 às 12h15.

O período de matrículas abre nesta quinta-feira e vai até 2 de dezembro. Em todo o Estado, serão 2,8 mil alunos catarinenses, de 14 escolas, beneficiados na primeira fase do programa. Em Joinville, cada unidade deve receber até 120 alunos – 360 no total –, além do repasse anual do MEC no valor de R$ 2 mil por estudante matriculado.

Segundo a secretária executiva da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR), Simone Schramm, o ensino médio integral é necessário para dar mais atenção ao jovem que sai do ensino fundamental, oferecendo a ele condições para se dedicar com maior intensidade à vida educacional.

– Acreditamos que será possível preparar o aluno para um desenvolvimento mais crítico e com boa formação para o mercado de trabalho – avalia Simone.

O ensino integral contemplará as 13 disciplinas que hoje fazem parte da matriz curricular nas áreas de matemática, linguagens, ciências humanas e ciências da natureza. Língua portuguesa e matemática passarão de três para sete aulas semanais, enquanto que as demais permanecerão com duas aulas semanais.

A novidade será o acréscimo do núcleo articulador, que comporta três disciplinas:  projeto de vida, projeto de intervenção e pesquisa e estudo orientado.

A diretora da Escola Senador Rodrigo Lobo, Teresinha Buzzi de Andrade, explica que os professores das 13 áreas vão reunir as turmas e trabalhar em pequenos grupos nas disciplinas desse núcleo, o que vai ajudar a estruturar melhor o aluno para o mercado e para o seu projeto de vida. Segundo ela, nesse momento, os estudantes serão os protagonistas porque os assuntos serão tratados conforme a necessidade deles.

– A gente vê que o aluno gosta de estar na escola, mas não gosta das aulas. Não seria por que é muita teoria? Nós vamos fazer uma grade com horários que intercalem a parte da teoria com a da prática. O espaço da escola vai ser todo usado. Os alunos não vão ficar o dia inteiro sentados dentro da sala de aula – explica.


Leia as últimas notícias sobre Joinville e região no AN.com.br


Matrículas começam nesta quinta-feira

As matrículas para o ensino médio integral abrem apenas nesta quinta-feira, mas os alunos da Escola Senador Rodrigo Lobo, que atende ao primeiro ano do ensino fundamental até o terceiro do ensino médio, já estão ansiosos em garantir vaga para o próximo ano.

Estudante do 9º ano, Luiz Gonzaga Neto, de 14 anos, está com grandes expectativas. Ele havia pensado em começar a trabalhar no próximo ano, mas decidiu deixar o dinheiro de lado para investir ainda mais nos estudos.

– O ensino integral é uma oportunidade única e pode nos dar uma vantagem no mercado de trabalho, por exemplo. Se tiver alguém que só completou o ensino normal e outro com o integral, a gente pode ter uma vantagem – defende.

A estudante Andressa Packer Meurer, 15, também está interessada em ingressar no ensino integral no ano que vem. O que mais chamou a atenção da adolescente nessa nova opção é a dinâmica das aulas, que vão fugir da tradicional forma expositiva do professor para o aluno, além de abrir espaço para os ambientes fora da sala de aula.

Andressa também salienta que o modelo pode ajudar os estudantes a ingressar no mercado de trabalho.

– Os meus pais sempre falaram que eu tenho que estudar para conseguir um bom emprego. Então, eu vou estudar tudo o que eu puder e depois consigo um emprego muito melhor do que acharam. Quero dar orgulho para os meus pais – afirma.

Quem tiver interesse em matricular os filhos na Escola Senador Rodrigo Lobo deve comparecer à unidade a partir desta quinta-feira, das 7h30 às 12 horas, ou das 13 às 17 horas. Confira os documentos necessários para realizar a matrícula: certidão de nascimento ou carteira de identidade; CPF; histórico escolar para novos alunos; atestado de frequência para alunos  transferidos; e cartão do SUS.

A NOTÍCIA

Notícias Relacionadas

Educação 15/09/2016 | 20h50

Joinville deve receber colégio militar a partir de 2017, afirma governador

Local onde será instalado ainda está em fase de decisão pela Agência de Desenvolvimento Regional

 
 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A Notícia'AN' testa o aplicativo Uber no primeiro dia de funcionamento em Joinville https://t.co/il68udAyxO https://t.co/6WUEYID981há 11 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaVagner Mancini será o técnico da Chapecoense https://t.co/QEwIhlRC03há 18 horas Retweet

Veja também

  •  
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros