Terminal do Nova Brasília deixa de ser integrado no fim de semana em Joinville - A Notícia

Vers?o mobile

 

Trânsito04/07/2016 | 16h03Atualizada em 04/07/2016 | 16h55

Terminal do Nova Brasília deixa de ser integrado no fim de semana em Joinville

Com isso, venda de passagens deixa de ser realizada no terminal

Terminal do Nova Brasília deixa de ser integrado no fim de semana em Joinville Maykon Lammerhirt/Agencia RBS
Em nota, Prefeitura informou que mudança ocorreu por causa da baixa demanda de passageiros Foto: Maykon Lammerhirt / Agencia RBS
Alex Sander Magdyel

alex.cardoso@an.com.br

Cartazes colados nas paredes do Terminal do Nova Brasília anunciam a novidade. Desde sábado, as linhas de ônibus da estação deixaram de ser integradas aos fins de semana. Alguns usuários do transporte coletivo em Joinville foram pegos de surpresa.
 
A principal alteração é que agora, os usuários do transporte coletivo não têm mais à disposição, aos sábados, domingos e feriados, a venda de passagens na bilheteria. Assim, quem não comprar as passagens de ônibus em outros pontos ou antecipadamente no próprio terminal, terá de comprá-la por R$4,50 dentro do veículo, que continua saindo da estação do Nova Brasília. Antes, os usuários tinham a opção de comprar na bilheteria do terminal, por R$370.

Leia as últimas notícias de Joinville e região 

A assessoria das empresas Gidion e Transtusa informou que a medida é determinada pela Secretaria de Infraestrutura Urbana (Seinfra) de Joinville, que por sua vez, justificou a alteração pelo baixo número de usuários que utilizam o transporte para se deslocar pelo bairro. Segundo a Secretaria, a grande maioria usa para ir e voltar do Centro.



Everton Santos, de 22 anos, que usa o serviço aos fins de semana para ir trabalhar, não gostou da alteração.
 
— Eu acho ruim. Tive a sensação de insegurança — disse Everton, que entende que o único motivo da medida é a economia das empresas prestadoras do serviço. A reclamação dele quanto à segurança é porque o terminal deixa de ter funcionários no local, que agora funciona como um ponto de ônibus qualquer, com embarque e desembarque.

A mudança vem acompanhada da unificação das linhas Jativoca e Sul/Nova Brasília. A nova linha chama-se Jativoca/Centro. Com isso, os usuários que vão para o Centro não precisam mais descer no Terminal e pegar outro ônibus para chegar ao destino.

Quem também se sente prejudicada com a mudança é a auxiliar de qualidade Mirian Borges de Oliveira, de 42 anos.
 
— Na minha opinião, ficou pior. Eles só pensam no lado deles — reclama Mirian, que disse que sempre compra as passagens na hora, pois não usa o ônibus todos os dias.

Tarifa embarcada de ônibus em Joinville é a mais cara do país
 
Glaucus Folster, gerente da Unidade de Transportes e Vias Públicas do Seinfra, explica que foi feita uma pesquisa de origem e destino dos usuários e constatado que a maioria dos moradores dos bairros Jativoca e Morro do Meio usa os ônibus para ir para o Centro. Segundo ele, a quantidade de pessoas que utilizam os ônibus para deslocamento interno no bairro é baixa.
 
— Não precisa de uma bilheteria funcionando, de um fiscal e elimina a necessidade de troca de veículos — defende Glaucus, que disse que a medida tem teor econômico. Ele conta que a alteração começou a ser avisada aos usuários pelo menos dez dias antes.

Na internet, o Movimento Passe Livre (MPL) de Joinville criou um evento para convidar a população para discutir como a mudança pode ser revertida. Na descrição do evento, o movimento reclama que “as pessoas não possuem mais local coberto em dias de chuva e são obrigadas a comprar a tarifa embarcada de R$ 4,50 dentro do ônibus". A reunião está marcada para 18 horas desta terça-feira, ao lado do terminal.  

Um vídeo divulgado nas redes sociais durante o fim de semana mostra passageiros esperando o transporte coletivo do lado de fora do terminal. Clique aqui e confira. Entretanto, a Prefeitura de Joinville informou que o fechamento do terminal neste fim de semana foi um engano, um erro dos funcionários do local.

Ministério Público analisa planilhas da tarifa do ônibus em Joinville

— O local vai continuar aberto para os passageiros. A infraestrutura de uso comum fica disponível à população, os banheiros ficam abertos, em funcionamento, com o mesmo regime de limpeza que acontece normalmente. A mudança ocorreu por causa da baixa demanda de passageiros nesses dias — disse nota enviada pela Prefeitura.

O terminal do Distrito de Pirabeiraba também deixou de ser integrado no fim de semana. Seguindo a Seinfra, a medida não deve se estender para outros terminais da cidade.

Em nota oficial, a Gidion diz que as mudanças foram analisadas em conjunto entre concessionária e Seinfra. Confira:

A mudança na operação da Estação de Cidadania Nova Brasília tem como principal objetivo reduzir o tempo de deslocamento dos clientes, visto que mais de 90% deles tem como destino de viagem o terminal central. Com a mudança não haverá mais a necessidade de fazer troca de ônibus, ou seja, o cliente que vem no ônibus do bairro seguirá direto ao centro, reduzindo seu tempo de viagem.

O terminal funcionará como um grande ponto e os clientes poderão contar com a sua infraestrutura. Essa mudança ocorre apenas nos finais de semana e feriados. Nesses dias não funcionarão as bilheterias, porém os clientes dessa região poderão adquirir suas passagens de forma antecipada nos pontos credenciados pela Passebus. As mudanças acima foram analisadas em conjunto entre concessionária e Seinfra.

A NOTÍCIA

 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaMais uma nuvem que chama atenção em Santa Catarina https://t.co/ExOG2IML4mhá 59 minutosRetweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaPolícia descarta hipótese de adolescente estar dirigindo carro que atropelou menina em Joinville  https://t.co/Ho5tJIXdONhá 59 minutosRetweet

Veja também

A Notícia
Busca