Centro de Hematologia e Oncologia e 'A Notícia' vão às ruas de Joinville alertar sobre doenças relacionadas ao tabagismo - A Notícia

Versão mobile

Dia Mundial Sem Tabaco31/05/2016 | 14h33

Centro de Hematologia e Oncologia e 'A Notícia' vão às ruas de Joinville alertar sobre doenças relacionadas ao tabagismo

Motoristas e pedestres receberam mudas de hortelã e uma edição do 'AN' desta terça-feira

Centro de Hematologia e Oncologia  e 'A Notícia' vão às ruas de Joinville alertar sobre doenças relacionadas ao tabagismo Salmo Duarte/Agencia RBS
Ação foi realizada nas ruas Princesa Isabel, esquina com Doutor João Colin e rua Abdon Batista, esquina com avenida Procópio Gomes Foto: Salmo Duarte / Agencia RBS

Na manhã desta terça-feira, uma equipe do jornal A Notícia foi para as ruas de Joinville entregar mil mudas de hortelã para alertar a população sobre doenças e mortes evitáveis relacionadas ao tabagismo. Hoje, 31 de maio, é o Dia Mundial sem Tabaco. A ação é uma iniciativa do Centro de Hematologia e Oncologia (C.H.O) em parceria com o AN.

Motoristas e pedestres que passaram pelas ruas Princesa Isabel, esquina com Doutor João Colin e rua Abdon Batista, esquina com avenida Procópio Gomes, receberam mudas de hortelã gratuitamente, além da edição desta terça-feira do jornal A Notícia.

Leia as últimas notícias de Joinville e região

Gilmara Souza Batista, de 43 anos, foi uma das pessoas que recebeu a muda de hortelã. Ela parou de fumar há sete meses e não sabia que hoje era o Dia Mundial sem Tabaco. Gilmara reclama da agonia que sentia quando ainda fumava.

— Fatores é o que não faltam para gente querer parar — disse Gilmara que alegou que entre os motivos que a fez parar estavam problemas no estômago, além de se sentir enjoada com o cheiro.

Sobre os problemas no estômago, o oncologista do C.H.O, Celio Kussumoto, esclarece que os fumantes têm um risco maior de ter úlcera gástrica e câncer no esôfago.

O que ocorre com o corpo quando paramos de fumar

Já Ailton Pompeu, de 36 anos, também passou pelo local e disse que fuma há mais de 20 anos e nunca tentou parar.

— Vontade a gente tem, mas é complicado — disse Ailton que fuma em média 10 cigarros por dia.

O oncologista Celio Kussumoto comentou sobre este perfil de fumante.

 — A longo prazo ele tem maior risco de ter câncer de pulmão e doenças como enfisema, além do risco de ter um infarto. Está relacionado com a quantidade tabágica. Quanto mais cigarro, maior o risco — afirma.

Kussumoto comenta sobre o fato de Santa Catarina apresentar mais fumantes do que a média nacional. Para ele, é difícil dizer o real motivo, mas fatores socioeconômicos podem estar ligados .

 — Tem a questão de preço de impostos, PIB maior, condição financeira — diz o oncologista.

As estatísticas revelam que os fumantes comparados aos não fumantes apresentam risco:

10 vezes maior de adoecer de câncer de pulmão
5 vezes maior de sofrer infarto
5 vezes maior de sofrer de bronquite crônica e enfisema pulmonar
2 vezes maior de sofrer derrame cerebral

Se parar de fumar agora:

após 20 minutos sua pressão sanguínea e pulsação voltam ao normal
após 2 horas não tem mais nicotina no seu sangue
após 8 horas o nível de oxigênio no sangue se normaliza
após 2 dias seu olfato já percebe melhor os cheiros e seu paladar readquire a capacidade de identificar sabores
após 3 semanas a respiração fica mais fácil e a circulação melhora
após 5 a 10 anos o risco de sofrer infarto será igual ao de quem nunca fumou

A NOTÍCIA

Notícias Relacionadas

Dia Mundial sem Tabaco 31/05/2016 | 09h

Santa Catarina apresenta mais fumantes do que a média nacional 

Enquanto no Brasil,  14,7% da população acima dos 18 anos fuma tabaco, em SC este número é de 16%

Saúde 25/05/2016 | 11h15

Centro de Hematologia e Oncologia e A Notícia preparam ação para o Dia Mundial sem Tabaco

31 de maio alerta para as inúmeras doenças relacionadas ao tabagismo

É possível parar de fumar  31/05/2014 | 07h21

No dia Mundial sem Tabaco, joinvilense que fumou durante 27 anos afirma que a vida sem cigarro é muito melhor

Conheça a história de Orlene Ferreira da Silva, que participou do Programa Municipal de Controle de Tabagismo de Joinville

29/05/2009 | 12h

Governo lança campanha de combate ao tabagismo em Santa Catarina

Objetivo é alertar população para os danos provocados pela fumaça

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaRejane: Mostra de arquitetura será realizada em casa antiga da rua Aquidaban, em Joinville  https://t.co/AugrJt6WY1 #LeianoANhá 2 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaVoluntárias de Joinville produzem bonecos carecas para crianças com câncer https://t.co/OeHlTUivkR #LeianoANhá 2 horas Retweet

Veja também

A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros