Mais de 400 famílias vivem em ocupações irregulares em Joinville - A Notícia

Versão mobile

Especiais AN28/11/2015 | 09h54

Mais de 400 famílias vivem em ocupações irregulares em Joinville

Na reportagem especial 'Ocupações Irregulares - terras de incertezas', conheça os cinco locais onde a lei que protege áreas de preservação permanente esbarra no drama de quem vive por lá

Mais de 400 famílias vivem em ocupações irregulares em Joinville Salmo Duarte/Agencia RBS
O Morro do Borba é um dos cinco locais onde há ocupação irregular Foto: Salmo Duarte / Agencia RBS

Em Joinville, mais de 400 famílias estão com o futuro incerto por causa da ocupação irregular de áreas de preservação permanente. Na cidade mais populosa do Estado, pelo menos cinco ocupações clandestinas surgiram a partir da década de 1970.

Uma sentença da Justiça determina a demolição dos imóveis e a retirada das pessoas que ocupam um morro em Pirabeiraba até 20 de dezembro. Em reportagem especial, o A Notícia conta como surgiram estas localidades em terras proibidas para construções, o que sentem os personagens da incerteza.  

Clique na imagem para ter acesso ao especial:

Terras de incertezas

A NOTÍCIA

Notícias Relacionadas

Potencial mal explorado 25/03/2015 | 22h07

Problema de dragagem compromete investimentos de 1,6 bilhão na baía Babitonga

Sem esses serviços, que devem ser feitos com urgência, meganavios de contêineres não podem operar em sua capacidade máxima

Tensão na Babitonga 23/01/2015 | 22h39

Ação do MPF põe em xeque investimentos de R$ 1,3 bi em São Francisco do Sul

A ausência de uma política para conciliar a preservação e o crescimento leva a impasses judiciais

Transporte marítimo 08/09/2014 | 08h37

Conheça o novo sonho de transporte pela baía da Babitonga entre Joinville e São Francisco do Sul

Deter autoriza empresa a fazer linha entre o bairro Espinheiros e o Centro Histórico de São Chico

 
 

Siga A Notícia no Twitter

  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaJustiça descarta prática de fraude na venda de apartamentos pelo grupo Marcos Queiroz em Joinville… https://t.co/aPVp8ET9xuhá 2 horas Retweet
  • anonline

    anonline

    Jornal A NotíciaPolícia Civil conclui inquérito sobre caso de decapitação em Joinville https://t.co/CbnrdzuBNm #LeianoANhá 2 horas Retweet

Veja também

A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros