Alunos de São Francisco do Sul são premiados pela criação de protótipos e jogos com Soluções Sustentáveis para o uso de energia - AN Escola - Educação - Geral - A Notícia

Versão mobile

Cultura21/10/2016 | 10h25

Alunos de São Francisco do Sul são premiados pela criação de protótipos e jogos com Soluções Sustentáveis para o uso de energia

16º Concurso Escolar da ArcelorMittal Vega incentivou os estudantes a pesquisarem e desenvolverem trabalhos focados na experimentação científica

Alunos de São Francisco do Sul são premiados pela criação de protótipos e jogos com Soluções Sustentáveis para o uso de energia Divulgação/Divulgação
Os trabalhos premiados investiram na customização de jogos tradicionais para o tema energia Foto: Divulgação / Divulgação

A ArcelorMittal Vega premiou nesta semana, no Clube Náutico Cruzeiro, em São Francisco do Sul, as escolas e alunos vencedores do 16º Concurso Escolar, que nesta edição teve como foco o desenvolvimento de materiais e projetos embasados na experimentação científica sobre o tema “Energia e ciência: em busca de soluções sustentáveis”.

Confira as últimas notícias de Joinville e região

A iniciativa teve por base uma das diretrizes mundiais da ArcelorMittal para o desenvolvimento sustentável - incentivar o conhecimento científico – e está alinhada com o novo posicionamento do Ministério da Educação (MEC) de trabalhar atividades científicas no ciclo de alfabetização.

O Concurso Escolar é destinado a todos os alunos do Ensino Fundamental do município tem duas categorias de trabalhos: do 1º ao 5º ano os estudantes produzem materiais visuais/educativos que promovem a reflexão e a atitude sustentável em relação ao tema energia.

Nesta edição, os três trabalhos premiados investiram na customização de jogos tradicionais para o tema energia, estimulando suas turmas a adquirir conhecimentos enquanto se divertem. O 1º lugar ficou com a Escola Municipal Izidoro Curvello, que criou o  “Supertrunfo  Sobrevivência Ambiental”, que estabelece conexões entre o meio ambiente e o progresso responsável.

Já o 2º e o 3º lugares foram para a Escola Municipal CAIC – Irmã Joaquina, que desenvolveu  “Jogo de Tabuleiro Economia Doméstica” e “Roletrando Energia”. Estes jogos promovem a reflexão sobre o uso da eletricidade nas atividades cotidianas, premiando as boas práticas e penalizando os jogadores que tem atitudes de desperdício.

Na categoria do 6º ao 9º ano, os alunos desenvolveram aplicações práticas sobre Energia e Soluções Sustentáveis. Os estudantes da Escola Municipal João Dias venceram com o projeto “Energia é se preocupar com o hoje e o amanhã sempre”, um protótipo de gerador de energia eólica confeccionado com materiais recicláveis e proposto como alternativa para a iluminação residencial.

- O uso da energia solar como forma sustentável na otimização da iluminação em ambientes internos - foi o projeto desenvolvido pelos alunos da  Escola Municipal Dr. Rogério Zattar, que conquistaram o 2º lugar mostrando como substituir o uso de lâmpadas artificiais por luminárias de garrafas pet com água instaladas no telhado para captar a energia solar durante o dia.

Já os estudantes da Escola de Educação Básica Victor Konder – 3º lugar com o projeto “Energicleta – Bicicleta Geradora de Energia”, aproveitaram o movimento das rodas de uma bicicleta para gerar energia com a participação da comunidade estudantil em um protótipo instalado no pátio da escola.

Premiação

As escolas e os alunos participantes dos projetos vencedores são premiados até a terceira colocação. As crianças recebem tablete (1º lugar), bicleta (2º lugar) e kit escolar de material reciclado (3º lugar). Já as instituições são premiadas com equipamentos nos valores de R$ 4 mil, R$ 3 mil e R$ 2 mil, de acordo com a classificação.

Concurso Escolar passo a passo

Os alunos começaram a ter contato com o tema no primeiro semestre, em sala de aula, com a utilização de material lúdico produzido pela Fundação ArcelorMittal para inspirar estudantes e professores das cidades que têm unidades do grupo em todo o país. Depois de discutir o tema, eles partiram para a prática, desenvolvendo em grupos os trabalhos de acordo com a faixa etária. 

A temática desta edição envolveu os estudantes e professores em estudos e trabalhos sobre a importância da energia no cotidiano das pessoas, estimulando a curiosidade, o trabalho em equipe, o raciocínio lógico e a consciência ambiental.

Em 16 anos, o Concurso Escolar já sensibilizou milhares de estudantes, com reflexões sobre diversos temas importantes para o Meio Ambiente. Entre as abordagens, estão Reciclagem de lixo, Conservação de recursos naturais, Consumo consciente, Aquecimento global, Biodiversidade, Agenda 21 Escolar, Pegada ecológica, Uso consciente da água, Diversidade e o futuro que queremos.

A NOTÍCIA

 
 
A Notícia
Busca
clicRBS
Nova busca - outros