Jaraguá do Sul decreta situação de emergência por causa da greve - AN Jaraguá - Geral - A Notícia

Versão mobile

 

Manifestação nacional28/05/2018 | 08h53Atualizada em 28/05/2018 | 09h32

Jaraguá do Sul decreta situação de emergência por causa da greve

Decreto será publicado no Diário Oficial do município nesta segunda-feira

Jaraguá do Sul decreta situação de emergência por causa da greve Salmo Duarte/A Notícia
Foto: Salmo Duarte / A Notícia
A Notícia
A Notícia

Jaraguá do Sul decreta situação de emergência devido a paralisação nacional dos caminhoneiros. O documento, assinado pelo prefeito Antídio Aleixo Lunelli, será publicado no Diário Oficial nesta segunda-feira e ainda cria o Comitê de Gestão de Crise no município. A situação tem validade de 20 dias, a contar do dia 24 de maio, data em que foi publicado decreto sobre a alteração dos horários do transporte coletivo na cidade.  

A decisão ocorreu na noite deste domingo, após reunião na Prefeitura, envolvendo secretários e diretores municipais, representantes das polícias Militar e Civil, Bombeiros Voluntários, hospitais, Fujama, Samae, Ambiental, Issem, procuradoria e controladoria do município.

O objetivo foi avaliar as consequências da continuidade da greve dos caminhoneiros e o impacto do movimento de paralisação que tomou proporções em todas as regiões do País, especialmente neste fim de semana, e agravada principalmente pela falta de combustíveis, que compromete a prestação de alguns serviços no município.  

Diante disso, todos os representantes dos órgãos públicos e prestadores de serviços como o atendimento dos bombeiros, polícias, abastecimento de água, tratamento de esgoto, entre outros, apresentaram um resumo sobre a atual situação.

 JARAGUÁ DO SUL,SC,BRASIL,28-05-2018.Decretada Situação de Emergência em Jaraguá do Sul por causa da paralisação nacional.(Foto:Divulgação)
Decisão ocorreu na noite deste domingo, após reunião na Prefeitura,Foto: Divugação / A Notícia

Uma das primeiras medidas adotadas pela administração municipal foi reduzir o uso dos veículos da Prefeitura, somente poderão circular em situações consideradas urgentes. Tal medida se estende a todas as secretarias e autarquias municipais. Em relação aos serviços prestados pelos hospitais, as duas unidades Hospital Jaraguá e Hospital São José, estão com a situação controlada por mais alguns dias.  

No caso do Hospital Jaraguá existe insumos para as operações até a próxima quarta-feira, com a suspensão de cirurgias eletivas. Já o Hospital São José tem condições de manter o funcionamento das operações por um período de cinco dias, também suspendendo as cirurgias não emergenciais. Já os serviços prestados pela Secretaria Municipal de Saúde não sofrerão alteração. 

Leia mais:
Saiba como está o atendimento nos hospitais de Joinville durante a greve dos caminhoneiros
Greve dos caminhoneiros causa impactos nas grandes indústrias de Joinville
Prefeito de São Francisco do Sul decretará situação de emergência

 

Siga A Notícia no Twitter

Veja também

A Notícia
Busca