PM procura em matagal de Schroeder caixeiros que arrombaram caixas eletrônicos, em Jaraguá do Sul - AN Jaraguá - Geral - A Notícia

Versão mobile

 

Perseguição22/05/2014 | 15h47

PM procura em matagal de Schroeder caixeiros que arrombaram caixas eletrônicos, em Jaraguá do Sul

Corporações de Jaraguá do Sul, Guaramirim, Schroeder, o pelotão Tático de Joinville e o helicóptero Águia participam das buscas, que acontecem na região dos bairros Schroeder 1 e Duas Mamas, em Schoeder

PM procura em matagal de Schroeder caixeiros que arrombaram caixas eletrônicos, em Jaraguá do Sul Maycon Lammerhirt/Maycon Lammerhirt/ Agência RBS
Policiais do Pelotão de Patrulhamento Tático fazem buscas pelos assaltantes no matagal, em Schroeder Foto: Maycon Lammerhirt / Maycon Lammerhirt/ Agência RBS

A Polícia Militar encontrou uma trilha no matagal onde se embrenharam os quatro assaltantes que arrombaram os caixas eletrônicos do supermercado Angeloni, em Jaraguá do Sul, por volta das 5h30 desta quinta-feira.

Corporações de Jaraguá do Sul, Guaramirim, Schroeder, o pelotão Tático de Joinville e o helicóptero Águia participam das buscas, que acontecem na região dos bairros Schroeder 1 e Duas Mamas, em Schoeder.

Segundo a PM, os quatro assaltantes estavam armados com fuzis e pistolas. Eles renderam o vigia da frente do supermercado e o obrigaram a acompanhá-los até a área dos caixas, onde estava o outro vigia. Em seguida, instalaram as dinamites e explodiram os equipamentos.

Ao perceberem a viatura chegando, os bandidos começaram a atirar contra os policiais, que revidaram. Um dos PM foi atingido com um tiro de raspão na perna, mas passa bem. Os bandidos usaram um Gol branco para fugir e se embrenharam no matagal a pé. Corporações de Guaramirim, Schroeder, o Pelotão de Patrulhamento Tático de Joinville e o helicóptero Água também ajudaram das buscas.

No mato, os policiais localizaram uma mochila com alimentos e um kit de primeiros socorros, além de dois carregadores de armas de fogo - um de pistola calibre ponto 40 e um de fuzil 765, de uso exclusivo das forças armadas. No Angeloni, a quadrilha deixou para trás um radiocomunicador sintonizado na frequência da PM.

O comandante da 2ª Companhia da Polícia Militar de Guaramirim, capitão Ricardo Ribeiro, que atuou na operação como Oficial de Dia, comenta que os indícios mostram que os bandidos eram profissionais e estavam preparados para sobreviverem no matagal caso fossem perseguidos. Até o momento, não há informações sobre a quantia roubada.

A troca de tiros assustou moradores da região central. Muitas pessoas acordaram durante a madrugada com o barulho. Quem passava pelas imediações do Angeloni na manhã de ontem também se impressionou com a quantidade as cápsulas dos projéteis espalhadas pela rua. Um dos tiros atingiu a janela de um prédio perto do supermercado, mas ninguém se feriu. Uma das viaturas tinham várias marcas de bala.

O taxista Paulo Ricardo Gonzaga, 26 anos, trabalhava num ponto de táxi perto do supermercado, junto com um colega, quando ouviu a explosão. Ele conta que viu um dos vigilantes que estavam dentro do estabelecimento fazer sinal da janela para os taxistas chamarem a polícia. Preocupado com o que pudesse acontecer, ele entrou no carro e foi até um posto de gasolina nas proximidades, onde ouviu o tiroteio.

O Gol abandonado na entrada do matagal foi recolhido pelo guincho. O delegado da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Jaraguá do Sul, Eric Uratani, afirma que a placa veículo estava adulterada, pois não batia com o número do chassi. A suspeita é de que o carro é roubado.

Morador viu a perseguição de perto

Morador do pacato bairro de Schroeder 1 desde que nasceu, o comerciante Vendelino Zoz, 42 anos, nunca imaginou que teria uma manhã tão agitada. Ele fazia o café quando escutou um carro e duas viaturas policiais em alta velocidade entrando no terreno do despósito de materiais de construção do qual é dono e o barulho de dois tiros. O imóvel dá acesso ao matagal onde os bandidos se embrenharam para escapar.

— Liguei para a Polícia Militar e disseram que era para eu entrar em casa e me esconder porque eram bandidos perigosos e estavam armados. Isso nunca tinha acontecido antes — comenta Vendelino.

 

A NOTÍCIA

Notícias Relacionadas

Norte de SC 22/05/2014 | 08h28

PM persegue caixeiros que tentaram explodir caixas eletrônicos em supermercado de Jaraguá do Sul

Eles trocaram tiros com a polícia e fugiram pela mata

 

Siga A Notícia no Twitter

Veja também

A Notícia
Busca