"Não está nos planos jogar outra final", diz presidente do Boca - Esportes - A Notícia

Vers?o mobile

 
 

Asunción27/11/2018 | 16h12

"Não está nos planos jogar outra final", diz presidente do Boca

AFP
AFP

O presidente do Boca Juniors, Daniel Angelici, declarou que não está nos planos do clube jogar a partida de volta da final da Copa Libertadores contra o River Plate, após manifestar confiança numa decisão favorável da Conmebol.

Ao mesmo tempo, Angelici não descartou recorrer ao CAS caso a decisão da Comissão Disciplinar da Conmebol não for favorável ao clube.

"Não está nos planos jogar outra final", afirmou Angelici em coletiva de imprensa após se reunir com o presidente do River Plate, Rodolfo D'Onofrio, e o presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez na sede da entidade sul-americana em Luque, no Paraguai.

A Conmebol anunciou que o duelo entre os arquirrivais argentinos será disputado entre 8 e 9 de dezembro fora da Argentina, após os graves incidentes que obrigaram a suspensão da partida duas vezes em Buenos Aires, no último fim de semana.

"O Boca vai esgotar todas as instâncias administrativas e se tivermos que ir ao CAS, o faremos", continuou o mandatário.

Angelici declarou que os argumentos contra o rival são contundentes. "Não teria assinado o recurso se não estivesse convencido que temos elementos suficientes".

Torcedores organizados do River atacaram com pedras e paus o ônibus que transportava o elenco do Boca rumo ao Monumental, um incidente que deixou o capitão Pablo Pérez com um ferimento no olho esquerdo.

O presidente do Boca declarou que o tribunal não pode fazer vista grossa para o fato do River já ter sido punido várias vezes na atual edição do torneio continental e que "não se pode esperar que quebrem a cabeça de alguém ou que alguém perca a vida para que acabem essas coisas".

Angelici mostrou desconforto com o anúncio de Alejandro Domínguez de definir as datas do jogo de volta da final para 8 ou 9 de dezembro.

"Não concordo com esta data. Estamos aqui para fazer uma ampliação de nossa apresentação", concluiu.

* AFP

 
A Notícia
Busca