Na maratona de Beirute, feministas libanesas denunciam abusos sexuais - Esportes - A Notícia

Vers?o mobile

 
 

Beirute11/11/2018 | 12h37

Na maratona de Beirute, feministas libanesas denunciam abusos sexuais

AFP
AFP

Dezenas de libanesas participaram da maratona de Beirute, neste domingo (11), para protestar contra estupros e abusos sexuais no Líbano, onde uma em cada quatro mulheres é vítima de violências deste tipo - afirma a ONG que organizou a manifestação.

A organização libanesa Abaad milita para que a Justiça puna mais severamente autores de abusos sexuais para conscientizar a opinião pública - que costuma estigmatizar vítimas, em vez de denunciar os agressores.

Aproveitando a celebração da 16ª edição da maratona de Beirute, militantes da Abaad, vestidas em sua maioria de preto, protestaram entre os atletas com cartazes em árabe e inglês, constatou a AFP.

"Julguem o estuprador, não a vítima" e "Hoje não vou correr, vou confrontar meu estuprador" diziam alguns cartazes de manifestantes.

De acordo com a Abaad, 25% das libanesas foram vítimas de alguma forma de abuso sexual, e apenas 38% desses casos foram denunciados.

* AFP

 
A Notícia
Busca