Ex de rivais contra o Avaí: Fortaleza tem 12 jogadores com passagens por times de SC - Esportes - A Notícia

Versão mobile

 

Série B09/11/2018 | 06h41Atualizada em 09/11/2018 | 06h41

Ex de rivais contra o Avaí: Fortaleza tem 12 jogadores com passagens por times de SC

Equipes duelam neste sábado, às 17h30min, na Ressacada pela antepenúltima rodada

Ex de rivais contra o Avaí: Fortaleza tem 12 jogadores com passagens por times de SC Cleberson Silva/Chapecoense
Boeck é titular na meta do Fortaleza e jogou em 2016 na Chape Foto: Cleberson Silva / Chapecoense

O Avaí terá um detalhe a mais com o que se preocupar na partida deste sábado, às 17h30min, diante do Fortaleza na Ressacada. Doze jogadores do adversário acumulam passagens por equipes de Santa Catarina. Cinco são titulares de Rogério Ceni no time que conquistou o acesso antecipado e busca no jogo pela 36ª rodada atrapalhar os azurras e levar o título da Série B do Brasileiro.

O goleiro Marcelo Boeck, (ex-Chapecoense), os zagueiros Diego Jussani e  Ligger (ambos ex-Joinville), o meia Dodô (ex- Figueirense e ex-Chape) e o atacante Gustavo (ex-Criciúma) têm tudo para estarem em campo diante do Avaí. Os cinco formam a estrutura tática do Fortaleza, atuaram na maior parte entre os titulares na Série B e contam com a confiança de Rogério Ceni. 

O elenco do Tricolor do Pici tem outros sete atletas que também atuaram no futebol catarinense. O zagueiro Roger Carvalho (ex- Figueirense), o lateral-esquerdo Leonan (ex-Marcílio Dias), o lateral-direito Diego Tavares (ex-Avaí), os volantes Nenê Bonilha (ex-Avaí) e Pablo (ex-Figueirense e ex-Avaí) e os meias Anderson Uchôa (ex-Avaí e ex-Criciúma) e João Henrique (ex-Criciúma).

A partida na Ressacada é considerada decisiva para o Avaí. Com 57 pontos, o Leão depende apenas de si para permanecer no rumo da elite, mas para isso conta com a vitória sobre o líder da Série B. O empate em casa ainda mantém a equipe na zona de acesso, mas pode permitir que os concorrentes diretos encostem. A derrota aliada ao triunfo do Londrina tira os azurras do G-4. O time terá até o fim duelos contra CSA, em Maceió, e Ponte Preta, na Capital.

Os titulares do Fortaleza com passagem por SC

Marcelo Boeck (ex-Chapecoense)
O goleiro de 33 anos atuou pela Chape em 2016, ano da tragédia na Colômbia. Ele não viajou para a final da Copa Sul-Americana por ser a terceira opção para a meta da equipe do Oeste de SC.

Marcelo Boeck, Chapecoense, futbeol, treinamento, Copa do Brasil
Foto: Cleberson Silva / Chapecoense

Diego Jussani - (ex-Joinvile)
Aos 31 anos, o zagueiro se firmou como titular no Leão do Pici. Antes, nas temporadas 2012 e 2013, defendeu o Joinville. Tem 55 jogos pelo Tricolor e anotou dois gols durante esse período.

 Treino JEC no CT. Diego Jussani.
Foto: Leo Munhoz / Agencia RBS

Ligger - (ex-Joinville)
Assim como o companheiro de zaga do Fortaleza, o jogador de 30 anos passou dois anos no Joinville (2016 e 2017). O Tricolor foi o último clube dele antes da transferência ao time cearense.

JEC, Joinville, Erick, Ligger
Foto: Divulgação / Assessoria do JEC

Dodô - (ex-Figueirense e ex-Chapecoense)
O camisa 10 do Fortaleza atuou por dois times de SC. Em 2016, esteve no Figueirense. Na temporada seguinte, jogou pela Chape. Aos 24 anos, é um dos destaques do Tricolor do Pici na Série B.

Dodô , figueirense
Foto: Luiz Henrique / Figueirense

Gustavo - (ex-Criciúma)
Artilheiro do Fortaleza na Série B, com 12 gols, o Gustagol teve a primeira oportunidade como profissional no Tigre. Aos 24 anos, ganhou a confiança de Rogério Ceni e levou o time ao acesso.

Estreia do Criciúma na Série B de 2016 no Estádio Heriberto Hülse contra o Náutico. Na foto o atacante do Criciúma, Gustavocampeonato brasileiro , série b , futebol , estádio heriberto hülse , criciúma , náutico, gustavo
Foto: Caio Marcelo / Especial

 Confira a tabela da Série B do Brasileiro
Leia mais notícias sobre o
Avaí

 
A Notícia
Busca