Com goleador confiante, Avaí busca passo largo ao acesso diante do Fortaleza - Esportes - A Notícia

Versão mobile

 

Série B10/11/2018 | 07h11Atualizada em 10/11/2018 | 07h11

Com goleador confiante, Avaí busca passo largo ao acesso diante do Fortaleza

Renato é nome importante em campo no duelo das 17h30min deste sábado, com previsão de Ressacada cheia

Com goleador confiante, Avaí busca passo largo ao acesso diante do Fortaleza Arte DC/Arte DC
Foto: Arte DC / Arte DC
João Lucas Cardoso
João Lucas Cardoso

joao.lucas@somosnsc.com.br

Gol de Renato, Avaí em escalada para atingir a elite do futebol nacional. Todos os 12 tentos anotados, e que lhe rendem a artilharia da equipe, serviram para o Leão conquistar pontos importantes na Série B do Campeonato Brasileiro. Balançar as redes também enche de confiança o lateral transformado em meia-atacante com a camisa azul e branca. Com ela em dia — e turbinada com quatro gols nos últimos cinco jogos —, o jogador quer dar mais um passo ao acesso no confronto das 17h30min deste sábado diante do Fortaleza, com expectativa de Ressacada cheia.

— Pode não ser o jogo do acesso, mas é jogo-chave para a gente conquistá-lo. Vai ser um dos mais difíceis, sabemos da qualidade da equipe do Fortaleza, mas eles também sabem da nossa qualidade e do nosso potencial. Vai ser um jogo bom, virão no intuito de buscar o título e vão sair para o jogo. Isso facilita para a nossa equipe. Difícil é você quando pega um adversário que joga atrás, recuado — aponta o goleador do Leão nesta Série B.

Confiante, tem na ponta da língua um prognóstico para o confronto: vitória azurra por 2 a 0 com um gol seu, claro, e outro de Getúlio. Porém, ainda que venha a ser um tento importante caso seja assinalado, o mais marcante ocorreu na última terça-feira. No empate com o Atlético-GO, fora de casa, pôde chacoalhar o barbante em lembrança ao irmão, que morreu dias antes por causa de complicações de um acidente de trabalho.

— Foi uma semana muito difícil para mim e para a minha família. No meio do caminho para encontra-lo, com minha mãe, recebi a notícia que ele não tinha resistido aos ferimentos. Acho que foi o pior momento da minha vida, até sem saber como contar para minha mãe, já que eu estava responsável por tudo. Pelas circunstâncias, então, foi o gol mais importante para a minha carreira porque pude homenageá-lo — relata com emoção.

Foi o último dos 12 que soma até agora. Os gols foram anotados em 11 jogos e foram determinantes para que o Leão conquistasse 23 pontos na competição (seis vitórias e cinco empates). Tentos que coroam uma grande temporada na carreira. Mas ainda falta conquistar o acesso para que tenha o carimbo de elite.

— Acho que é, sim, uma temporada de Série A. Pelas circunstâncias do campeonato, pelo que o grupo tem feito, temos o objetivo de conquistar o acesso porque o clube merece estar na Série A.

Certeza é de Ressacada cheia

Foram praticamente 9 mil torcedores no último jogo como mandante, diante do Londrina, e com a importância que o confronto deste sábado tem, valendo salto pelo acesso e contra um adversário em busca do título, a expectativa do Avaí é de Ressacada cheia na partida marcada para as 17h30min. Com a proximidade do retorno à Série A, a torcida tem marcado maior presença para contribuir com o Leão e assim deve ser no embate da 36ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

— A torcida tem entendido o momento e sabe o quanto é importante estar aqui na Ressacada para nos apoiar. Se têm vindo é porque sabe que precisamos dela — diz Renato.

Para isso, o clube manteve a promoção de ingressos – que inclui bilhete a R$ 5 para determinado setor. Os azurras das arquibancadas serão importantes para dar apoio ao que estarão em campo. Ainda que o técnico Geninho não tenha determinado quais deles comecem a partida. Com a suspensão de Betão, Airton forma zaga com Marquinhos Silva, e Getúlio volta após ausência por acúmulo de cartões. Porém, estão no meio as dúvidas na formação.

Marquinhos tem chance de começar a partida. E o treinador ainda não sabia se poderia contar com Judson, e a preocupação é ampliada por conta da suspensão do também volante Luan. É que Judson esteve ausente nos últimos dias para prestar apoio à família pelo falecimento da sogra, sepultada no Rio Grande do Norte, e retornou a Florianópolis somente na véspera da partida. Seu aproveitamento depende do estado psicológico.

FICHA TÉCNICA  - Avaí x Fortaleza

AVAÍ
Kozlinski, Guga, Marquinhos Silva, Aírton, Igor Fernandes; Judson (Marcão), Matheus Barbosa; Renato, Pedro Castro (Marquinhos), Getúlio; Rodrigão.
FORTALEZA
Marcelo Boeck; Tinga, Diego Jussani, Ligger e Bruno Melo; Felipe, Marlon e Dodô; Éderson, Gustavo e Marcinho. Técnico: Rogério Ceni.

ARBITRAGEM: Wagner do Nascimento Magalhães, auxiliado por Rodrigo Figueiredo Henrique Corrêa e Carlos Henrique Alves de Lima Filho (trio do RJ).
DATA E HORA: às 17h30min deste sábado.
LOCAL: Ressacada, em Florianópolis.

Confira a tabela da Série B do Brasileiro
Leia mais notícias sobre o
Avaí

 
A Notícia
Busca