Mazola minimiza empolgação com chances de subir: "É coisa de torcedor" - Esportes - A Notícia

Versão mobile

 

Pés no chão01/10/2018 | 18h59Atualizada em 02/10/2018 | 19h28

Mazola minimiza empolgação com chances de subir: "É coisa de torcedor"

Para técnico do Criciúma, único objetivo continua sendo escapar do rebaixamento

Mazola minimiza empolgação com chances de subir: "É coisa de torcedor" Guilherme Hahn/Especial
Foto: Guilherme Hahn / Especial
Renan Medeiros

De volta a Criciúma para comandar um treino com os reservas após um demorado retorno de Varginha (MG), o técnico Mazola Júnior reiterou que o único objetivo do Tigre continua a ser a fuga do rebaixamento. A boa campanha do Criciúma e a distância para o G-4, que agora é de seis pontos, deixou o torcedor com esperanças de que o time ainda possa brigar por algo mais.

— Aqui não mudou nada. É coisa de torcedor, temos dois jogos dificílimo em casa. Oeste está bem fora de casa. Se não ganhar do Oeste, a conversa já vai por água abaixo — afirmou o técnico. O duelo com o time paulista será nessa terça-feira, às 20h30min, no Heriberto Hülse.

Apontado pela torcida e pela imprensa local como o principal responsável pela reação tricolor, Mazola preferiu dividir os méritos com os jogadores, direção e outros membros da comissão técnica.

— Em nenhum momento vocês me viram falar a palavra "eu". De forma alguma. O mérito é todo do grupo, que vai do roupeiro ao presidente. A mudança de mentalidade, comportamento e atitude, foi de todos. Não me sinto, sinceramente, sem demagogia nenhuma (o protagonista da reação). Não é só o fato de ter trocado de treinador, até porque as pessoas são as mesmas. O que mudou foi a atitude, comprometimento. Isso foi do grupo todo e não só do treinador — pontuou.

Ele não fez treino algum com o time que entrará em campo nesta terça. O elenco retornou de Varginha (MG) no domingo e, nesta segunda, fez apenas um trabalho regenerativo no Centro de Treinamento Antenor Angeloni. Apenas os reservas participaram de uma atividade no gramado.

O mais provável é que o comandante mantenha o time que venceu o Boa por 2 a 1, com exceção do lateral-direito Sueliton e do volante Ronaldo, suspensos. O volante Liel, que sofreu uma fissura no nariz no último confronto, deve estar disponível. Carlos Eduardo, na direita, e Jean Mangabeira devem ser as novidades.


Veja a tabela da Série B do Brasileiro
Mais notícias do
Criciúma

 
A Notícia
Busca