JEC fica no empate com o Blumenau e se complica na Copa SC - Esportes - A Notícia

Versão mobile

 

FUTEBOL21/10/2018 | 18h16Atualizada em 21/10/2018 | 18h16

JEC fica no empate com o Blumenau e se complica na Copa SC

Tricolor chegou a abrir o placar, mas cedeu a igualdade e não conseguiu reagir

JEC fica no empate com o Blumenau e se complica na Copa SC Kaue Vezentainer / Divulgação/Divulgação
Foto: Kaue Vezentainer / Divulgação / Divulgação
A Notícia
A Notícia

Parecia que seria uma tarde de vitória para o Joinville. Mas só parecia. Embora tenha aberto o placar aos quatro minutos do primeiro tempo com gol de Nathan, o Tricolor não conseguiu manter a vantagem e ficou apenas no empate contra o lanterna Blumenau Esporte Clube, pela antepenúltima rodada da Copa Santa Catarina – o zagueiro Alex, aos 26 da etapa inicial, fez o gol de empate aos donos da casa. Com o resultado, a equipe joinvilense ficou com 12 pontos na tabela de classificação, quatro a menos que o Figueirense que venceu o Metropolitano por 3 a 0.

Caso tivesse vencido a partida que ocorreu no Estádio João Marcatto, em Jaraguá do Sul – o Blumenau teve que mandar o jogo longe do torcedor por dívidas com o Estádio do Sesi – o JEC dependeria apenas de si para se classificar à semifinal da competição. Com o 1 a 1, porém, o Tricolor precisará vencer o Figueirense na próxima rodada e ainda assim torcer por um tropeço do rival contra o Fluminense do Itaum para chegar ao mata-mata da Copinha. Uma situação para lá de complicada à equipe. 

Ao fim do jogo o capitão do JEC, Itaqui desabafou, lamentou o resultado e assumiu para o elenco a responsabilidade da situação vivida.

– O torcedor tem razão na maioria das vezes quando nos xinga. Temos que assumir essa responsabilidade. O JEC entrou como favorito na competição e as coisas não aconteceram. Temos que repensar. Eles (o Figueirense) abriram quatro pontos da gente, e nós pensávamos no confronto direto como nossa chance de classificação – destacou ao fim do jogo em entrevista ao canal Esporte Joinville.

Itaqui disse que o elenco ainda não jogou a toalha, mas admite que as últimas rodadas serão muito difíceis para o JEC.

– Como capitão digo que a gente deixou a desejar. Não um ou dois jogadores, mas o elenco como um todo. Chegar nos dois últimos jogos tendo que depender de outros resultados não era algo que queríamos. A gente queria retomar o clube com o título. Não que estejamos jogando a toalha, já que ainda faremos a nossa parte, mas ficamos abaixo – finalizou o capitão.

O Joinville entra em campo contra o Figueirense na próxima quarta-feira, às 15h, no Estádio Orlando Scarpelli, pela penúltima rodada da fase de classificação da Copinha. Já o Blumenau encara o Fluminense do Itaum também na quarta, fora de casa, às 20h30min.

 
A Notícia
Busca