Fluminense vence Nacional e se classifica às semis da Copa Sul-americana - Esportes - A Notícia

Vers?o mobile

 
 

Montevidéu31/10/2018 | 21h41

Fluminense vence Nacional e se classifica às semis da Copa Sul-americana

AFP
AFP

O Fluminense carimbou a vaga nas semifinais da Copa Sul-americana, nesta quarta-feira, depois de vencer o Nacional por 1 a 0 em Montevidéu na partida de volta das quartas de final da competição.

Luciano fez o único gol do jogo aos 3 minutos do segundo tempo, aproveitando erro na saída de bola do time uruguaio. A vitória simples confirmou o Flu entre os quatro melhores da competição, já que as equipes empataram em 1 a 1 no Rio de Janeiro.

O Tricolor derrubou marca do Nacional de sete jogos sem perder em casa em partidas continentais nesta temporada. Os uruguaios não tinham sequer sofrido um gol no Parque Central, mas acabaram dando adeus à competição diante de 30 mil torcedores.

O Fluminense agora espera o vencedor do duelo brasileiro entre Atlético Paranaense e Bahia. O Furacão venceu o jogo de ida por 1 a 0 e decide em casa a partida de volta.

- Luciano decide -

Apesar do ambiente hostil, foi o Fluminense quem tomou as rédeas do jogo nos minutos iniciais, cercando a área uruguaia com cruzamentos e jogadas pelo alto. O time carioca pressionava a saída de bola do adversário, já que precisava de pelo menos um gol para se manter vivo na eliminatória.

Apesar disso, a melhor chance tricolor foi só aos 38 minutos, quando Ayrton Lucas tabelou com Everaldo e ficou cara a cara com o arqueiro. O lateral acabou chutando fraco e a zaga veio para limpar o lance. Aos 46, Jadson cruzou para Luciano cabecear no meio do gol para defesa tranquila do goleiro.

Na volta do intervalo, o Fluminense iniciou implacável chegando com perigo com Luciano logo aos 18 segundos, após jogada de Ayryon Lucas pelo lado esquerdo. O atacante pegou mal na bola e desperdiçou chance incrível totalmente livre dento da área.

Aos 3 minutos, no entanto, o centro-avante não desperdiçou. Sornoza apareceu para se antecipar, em saída de bola errada com os pés do goleiro Conde, e tocou para Luciano. O camisa 29 teve calma para limpar o goleiro e a marcação para completar para as redes.

O gol fez bem ao Tricolor carioca, que se fechou lá atrás e começou a levar perigo nos contra-ataques, principalmente por conta da boa atuação de Everaldo. O atacante deu muito trabalho aos defensores uruguaios com movimentação e dribles.

O Nacional partiu pra cima e pressionou o Fluminense. No entanto, o time uruguaio não conseguia dar trabalho ao goleiro brasileiro. Todas as tentativas de empatar o confronto saíam por cima da meta carioca.

Já nos acréscimos, Matheus Alessandro teve a chance de matar o jogo ao roubar a bola no meio de campo e partir sozinho em direção ao gol. O atacante ficou cara a cara com Conde, mas tocou pra fora aos 45 minutos.

Sorte do jovem que o Nacional não conseguiu empatar nos instantes finais, o que garantiu o Flu entre os quatro melhores da competição.

* AFP

 
A Notícia
Busca
Imprimir