FCF e Avaí vão à CBF falar sobre arbitragem - Esportes - A Notícia

Versão mobile

 

Série B23/10/2018 | 19h34Atualizada em 23/10/2018 | 19h34

FCF e Avaí vão à CBF falar sobre arbitragem

Federação e clube apresentam relato sobre atuação de arbitragem no empate em 1 a 1 com o Oeste, no último sábado

FCF e Avaí vão à CBF falar sobre arbitragem FCF/Divulgação
Foto: FCF / Divulgação
DC Esportes
DC Esportes

Presidentes da Federação Catarinense de Futebol (FCF) e Avaí estiveram na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), no Rio de Janeiro, nesta terça-feira para falar principalmente sobre arbitragem na Série B do Campeonato Brasileiro. Os dois estiveram reunidos com o presidente da comissão de arbitragem da CBF, Marcos Cabral Marinho de Moura, para tratar do empate em 1 a 1 com o Oeste, no último sábado, em que o Leão manifestou descontentamento com a arbitragem.

A maior reclamação sobre a atuação de Daniel Nobre Bins, na Ressacada, é a não marcação de uma penalidade máxima nos instantes finais da partida. Angelotti e Battistotti expressaram que os erros do árbitro do gaúcho foram “altamente prejudiciais” ao clube por conta da disputa direta por uma vaga na elite do futebol brasileiro, a Série A do próximo ano. Na companhia dos dois dirigentes estava o diretor do departamento de arbitragem da FCF, Marco Antônio Martins.

Rubens Angelotti ainda esteve reunido com o presidente da CBF, Antônio Carlos Nunes de Lima, o Coronel Nunes, para falar sobre temas administrativos e reforçar “posição de alerta” quanto ao tratamento dispensado ao futebol catarinense.

Confira a tabela da Série B do Brasileiro
Leia mais notícias sobre o
Avaí 

 
A Notícia
Busca