Avaí enfrenta o Oeste de olho no Cavalo e em mais um passo rumo ao acesso - Esportes - A Notícia

Versão mobile

 

Série B20/10/2018 | 06h30Atualizada em 20/10/2018 | 13h21

Avaí enfrenta o Oeste de olho no Cavalo e em mais um passo rumo ao acesso

Leão toma cuidado com Roberto Cavalo, técnico do adversário, que não perdeu para times de SC

Avaí enfrenta o Oeste de olho no Cavalo e em mais um passo rumo ao acesso Arte DC/Arte DC
Foto: Arte DC / Arte DC
João Lucas Cardoso
João Lucas Cardoso

joao.lucas@somosnsc.com.br

Gaúcho de nascimento, mas com o DNA do futebol catarinense correndo na veia. Roberto Cavalo despontou como jogador em Santa Catarina. O começo da carreira como treinador do futebol está fortemente ligado ao Estado em que construiu a família e fixou residência. “Conhecimento” que foi aplicado para fazer do Oeste o temor dos times locais. Nesta Série B, o time paulista não foi batido por nenhuma equipe de SC até agora. Dado que o Avaí tenta derrubar às 16h30min deste sábado, em duelo importante na Ressacada.

 Confira os horários de liberação de pista para o jogo Avaí x Oeste  

Em quatro jogos, o Rubrão venceu duas vezes (Figueirense e Avaí) e empatou outras duas com o Criciúma. O segredo, de acordo com o técnico, é o tempo de atuação em Santa Catarina, dentro ou na beira do gramado.

– O treinador conhecer as equipe ajuda bem, conheço bem os campos e os elencos. No Avaí, além de jogar e ser campeão, treinei. No Criciúma fui jogador no título mais importante que o Estado tem no futebol (Copa do Brasil de 1991) – aponta.

Além dos dois, em Santa Catarina Cavalo já comandou elencos do Atlético de Ibirama, Tubarão Futebol Clube, Chapecoense e Joinville, a maioria entre o final da década de 1990 e começo dos anos 2000. Dos considerados cinco grandes de SC, só não treinou o Figueirense.

Mas a importância do jogo deste sábado vai além de colocar à prova a invencibilidade de Roberto Cavalo diante de catarinenses na Série B. A partida tem muito peso tanto para Avaí quanto para o Oeste. Virou o jogo do ano para ambos.

– O Avaí briga para subir e a vitória é um grande passo. Nós buscamos vencer para alcançar uma pontuação que nos faz fugir totalmente do Z-4, para não cair mais. Acredito que será um dos melhores jogos do ano – projeta.

Marquinhos começa jogando na Ressacada

Em jogo com a expectativa de casa cheia, impulsionado pela promoção de ingressos a R$ 5, outro atrativo ao torcedor azurra: a presença de Marquinhos. O ídolo da torcida azul e branca é a única novidade na formação em relação ao último jogo, o triunfo por 2 a 1 sobre o Guarani fora de casa. O meio-campista entra na vaga que foi de Matheus Barbosa, ausente por causa de suspensão devido ao cartão amarelo. 

O técnico Geninho confia no Galego para ser o homem da produção ofensiva da equipe, sem perder a pegada demonstrada no sábado anterior. Depois da participação no triunfo sobre o Boa Esporte, também na Ressacada, ele volta após ser poupado por causa de dores no joelho.

FICHA TÉCNICA

AVAÍ
Kozlinski; Guga, Airton, Betão e Capa; Judson, Pedro Castro, Marquinhos e Renato; Getúlio e Rodrigão. Técnico: Geninho.

OESTE
Tadeu; Adriano Alves, Joilson, Patrick e Conrado; Betinho, Marciel, Mazinho e Marcinho; Pedrinho e Bruno Lopes. Técnico: Roberto Cavalo.

ARBITRAGEM: Daniel Nobre Bins, auxiliado por Mauricio Coelho Silva Penna e Michael Stanislau (trio do RS).
DATA E HORÁRIO: sábado, às 16h30min.
LOCAL: Estádio da Ressacada, em Florianópolis.

Confira a tabela da Série B do Brasileiro
Leia mais notícias sobre o
Avaí

 
A Notícia
Busca