Queniano Eliud Kipchoge quebra recorde mundial na maratona - Esportes - A Notícia

Versão mobile

 

Berlim16/09/2018 | 12h45

Queniano Eliud Kipchoge quebra recorde mundial na maratona

AFP
AFP

O queniano Eliud Kipchoge venceu a maratona de Berlim, neste domingo, e quebrou o recorde mundial da prova ao cruzar a linha de chegada em duas horas, um minuto e 39 segundos.

O recorde anterior pertencia ao compatriota Dennis Kimetto, que percorreu os 42,195 km do percurso na capital alemã em 2h02:57, em 2014.

"Minha única palavra é 'obrigado'", declarou Kipchoge após cruzar a linha de chegada. O maratonista agradeceu seus colaboradores e os organizadores.

Após a largada, Kipchoge começou a abrir a vantagem sobre seus principais adversários depois da primeira hora da corrida. O queniano foi marcando tempos parciais sempre abaixo do recorde de Kimetto.

Kipchoge foi favorecido pelo excelente clima da prova, com temperatura de aproximadamente 20º C e sem vento.

Após deixar para trás o primeiro pelotão, Kipchoge correu sozinho os últimos 17 km da maratona.

"Foi difícil correr sozinho, mas estava confiante. Disse que ia correr minha própria corrida, seguindo meu plano, e tinha confiança", declarou Kipchoge, que sempre insiste que nesta prova "a força mental é chave".

Por outro lado, a queniana Gladys Cherono conseguiu defender o título conquistado no ano passado e voltou a vencer a prova feminina, cruzando a linha de chegada em 2h18:11.

* AFP

 
A Notícia
Busca