Neymar, Mbappé e Buffon puxam Ligue 1 na temporada 2018-19 - Esportes - A Notícia

Versão mobile

 

Marselha09/08/2018 | 17h25

Neymar, Mbappé e Buffon puxam Ligue 1 na temporada 2018-19

AFP
AFP

A lenda Gianluigi Buffon, a estrela Neymar e o prodígio e recém campeão do mundo Kylian Mbappé lideram a constelação do Paris Saint-Germain e dão brilho ao Campeonato Francês 2018-19, que começa nesta sexta-feira com Olympique de Marselha-Toulouse.

Após 17 temporadas na Juventus, Buffon vai disputar seu primeiro campeonato fora da Itália. O carismático goleiro de 40 anos, campeão do mundo em 2006, chega à Paris em busca do único título que falta em sua carreira: a Liga dos Campeões. Além disso, será a mais nova atração da Ligue 1.

No novo vestiário, se encontrará com o jogador mais caro da história. Neymar custou 222 milhões ao PSG no ano passado e demonstrou seu talento na primeira temporada, marcando 19 gols e dando 13 passes para gol. No entanto, o primeiro ano sofreu hiato após lesão em fevereiro e o jogador quer se recuperar depois da decepcionante Copa do Mundo.

Por outro lado, Mbappé cresceu com atuações decisivas no título da França no mundial russo. O fenômeno de 19 anos volta ao campeonato nacional com o objetivo de brilhar com mais regularidade e se colocar à altura de Neymar e Edinson Cavani, outro pilar do ataque do PSG.

O atual campeão inicia a defesa do título no domingo, contra o Caen. O estádio vai receber a visita do troféu da Copa do Mundo, para homenagear os campeões Mbappé, Alphonse Areola e Presnel Kimpembe.

A taça estará em turnê no final de semana, visitando os novos campeões na sexta-feira, no jogo que abre a competição e que conta com os campeões Steve Mandanda, Adil Rami e Florian Thauvin. Antes de ir à capital, a Copa vai passar por Lyon, onde Nabil Fekir estreia sua condição de campeão do mundo contra o Amiens.

Djibril Sidibé, do Monaco, terá que esperar até o dia 2 de setembro para receber sua homenagem no jogo contra o Olympique, válido pela quarta rodada.

- Monaco, outra reinvenção -

A temporada francesa estará marcada pela segunda estrela mundial conquistada em Moscou, dia 15 de julho, após vitória sobre a Croácia na final. São esperados aumento de público nos estádios e de audiência nas televisões.

Dentro de campo, a hegemonia do PSG nos últimos anos, quebrada pelo Monaco em 2017, estará ameaçada novamente por Lyon, Olympique de Marselha e o time do Principado, novamente reinventado após outro verão movimentado.

O time comandado pelo português Leonardo Jardim perdeu Thomas Lemar, Fabinho e João Moutinho, em transferências que valeram 187 milhões de euros ao clube. Além disso, investiu 100 milhões e conta com 60 jogadores com contrato profissional, o que torna o clube em uma fábrica de talento futebolístico.

Falcao, Kamil Glik, Jemerson, Sidibé e Andrea Raggi são os únicos sobreviventes do time campeão há 15 meses. A dúvida é ver como os jovens que chegaram vão se adaptar, como o russo Aleksandr Golovin após brilhar na Copa do Mundo.

Por outro lado, o Olympique foi capaz de manter toda a equipe que terminou com o vice-campeonato da Liga Europa e ficou a um passo da Liga dos Campeões. No comando, o capitão Dimitri Payet vai tentar tirar a espinha da ausência da Copa do Mundo por conta de lesão sofrida na final continental.

O Lyon espera manter Fekir e conta com o holandês Memphis Depay, espetacular na segunda parte da última temporada. Foram 19 gols marcados, três deles na última rodada para garantir a equipe na Liga dos Campeões.

-- Programação da 1ª rodada do Campeonato francês

- Sexta-feira:

(15h45) Olympique de Marselha - Toulouse

- Sábado:

(12h00) Nantes - Monaco

(15h00) Saint-Etienne - Guingamp

Angers - Nîmes

Lille - Rennes

Montpellier - Dijon

Nice - Reims

- Domingo:

(10h00) Lyon - Amiens

(12h00) Bordeaux - Strasbourg

(16h00) PSG - Caen

* AFP

 
A Notícia
Busca