Botafogo joga mal e perde para Nacional-PAR na Sul-americana - Esportes - A Notícia

Versão mobile

 

Asunción01/08/2018 | 21h42

Botafogo joga mal e perde para Nacional-PAR na Sul-americana

AFP
AFP

O Botafogo perdeu para o Nacional-PAR por 2 a 1, nesta quarta-feira em Assunção, e vai precisar buscar um triunfo em casa para avançar às oitavas de final da Copa Sul-americana.

Apesar do revés, Luiz Fernando (30 minutos) fez o gol que deixou o Botafogo a uma vitória mínima por 1 a 0 para conquistar a vaga à próxima fase. Daniel Santacruz (10), com um golaço de bicicleta, e Vieyra (51) fizeram os gols da vitória paraguaia.

Em caso do alvinegro repetir o placar por 2 a 1 no estádio Nilton Santos, dia 16 de agosto, a partida vai para a disputar por penalidades. Qualquer vitória com dois ou mais gols de diferença classifica o time carioca.

O jogo começou morno, com as equipes se estudando nos momentos iniciais. Até que Danilo Santacruz chamou os holofotes para si, aos 9 minutos, ao conseguir estufar as redes com um golaço de bicicleta de manual, matando no peito e girando com categoria para vencer Saulo.

Depois do gol sofrido, o Botafogo assustou em chute forte de Leonardo Valencia que saiu por cima do gol de Rojas, mas as principais chances continuavam sendo do time da casa. Aos 28, Saulo voou no canto esquerdo para buscar chute perigoso de Santacruz.

Dois minutos depois, o alvinegro conseguiu encaixar uma boa jogada com Kieza pelo lado direito. O atacante cruzou rasteiro para Pimpão, que não conseguiu chutar com firmeza, mas Luiz Fernando apareceu para aproveitar o rebote e mandar para as redes para garantir o empate.

Na volta do intervalo, a partida reiniciou com o mesmo roteiro do primeiro tempo. Depois de alguns minutos sem emoções, a defesa botafoguenses errou na saída de bola e o ataque paraguaio conseguiu aproveitar a chance.

Luis Miño roubou a bola de Matheus Fernandes e tocou para Vieyra, que tabelou e mandou chute com efeito da entrada da área, aos 6, para recolocar o time da casa em vantagem.

O Botafogo sentiu o baque e demonstrou poucas soluções, jogando muito mal. A melhor chance da equipe veio com Valencia cobrando falta com perigo, aos 35 minutos, mas a bola passou rente a trave. Lá atrás, Saulo fez duas boas defesas para evitar que o prejuízo fosse maior.

Quando a partida já estava nos acréscimos, o Fogão quase conseguiu empatar após de saída errada de Rojas em cobrança de escanteio. Brenner chutou com o goleiro já fora de ação, mas acertou o zagueiro Paniagua, que salvou em cima da linha e garantiu a vitória.

* AFP

 
A Notícia
Busca