Bolt trabalha duro na Austrália para se adaptar ao futebol profissional - Esportes - A Notícia

Versão mobile

 

Gosford28/08/2018 | 15h25

Bolt trabalha duro na Austrália para se adaptar ao futebol profissional

AFP
AFP

O lendário velocista jamaicano Usain Bolt reconheceu nesta terça-feira que vem sofrendo para se adaptar ao ritmo do futebol profissional, mas que trabalha duro para melhorar sua condição física, antes de disputar um primeiro jogo amistoso nesta semana.

Bolt, ganhador de oito medalhas de ouro olímpicas e aposentado das pistas desde 2017, sonha em se tornar jogador de futebol. Com esse objetivo em mente, o homem mais rápido do mundo está desde 18 de agosto na Austrália, onde realiza testes no clube Central Coast Mariners.

Nesta terça-feira, o jamaicano realizou um treino particularmente intenso com o restante da equipe, mas pareceu mais lento que os companheiros na hora de completar exercícios com bola.

O atleta de 32 anos pareceu longe de sua melhor forma física, precisando de mais tempo de descanso que os colegas.

"A parte mais difícil para mim é ter que parar e voltar a correr continuamente, não estou acostumado a tomar velocidade, parar, e voltar a correr", explicou.

"Eu tenho tempo, então aprenderei e continuarei trabalhando duro", completou.

Os Mariners acreditam que poderão escalar o jamaicano para o início da temporada, em final de outubro.

Nesta sexta-feira, Bolt poderia disputar um amistoso contra uma equipe amadora. "Imagino que ele jogará alguns minutos", declarou o técnico da equipe, Mike Mulvey, consciente da expectativa que a presença que o carismático ex-velocista cria nos torcedores.

* AFP

 
A Notícia
Busca