André Santos reestreia com derrota pelo Figueirense em jogo dos Aspirantes - Esportes - A Notícia

Versão mobile

 

No Scarpelli15/08/2018 | 18h01Atualizada em 15/08/2018 | 18h38

André Santos reestreia com derrota pelo Figueirense em jogo dos Aspirantes

Principal reforço do Alvinegro do clube é colocado na equipe sub-23 para ganhar ritmo antes de atuar pela Série B

André Santos reestreia com derrota pelo Figueirense em jogo dos Aspirantes Vinicius Nunes/Figueirense
Foto: Vinicius Nunes / Figueirense
DC Esportes
DC Esportes

O retorno de André Santos ao Figueirense foi com derrota. Na tarde desta quarta-feira, o meia reestreou pelo Alvinegro e nada pôde fazer no revés por 2 a 0 da equipe diante do América-MG, no Orlando Scarpelli, em partida pelo Campeonato Brasileiro de Aspirantes. Outros jogadores que integram o elenco profissional e que jogaram pelo sub-23 foram Marco Antônio e Victor Cedrón. 

André Santos foi titular e permaneceu em campo até os 23 minutos do segundo tempo, quando foi substituído por Guilherme Texeira. O último jogo oficial dele tinha sido em 15 de maio, quando o Boluspor, seu ex-clube, perdeu para o Gazisehir Gaziantep, por 3 a 1, pela semifinal da Copa da Turquia. Na ocasião,o meia ficou em campo por 45 minutos.

Principal reforço do Figueirense para a sequência da Série B do Brasileiro, André Santos foi liberado para voltar a jogar na terça-feira, quando teve seu nome registrado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF. A intenção da comissão técnica do clube é dar ritmo de jogo ao meia para que ele fique à disposição do técnico Milton Cruz para o returno do nacional. 

Por ter atuado nesta quarta-feira pelo time de aspirantes, a tendência é que André Santos não seja relacionado para o confronto diante do Goiás, na sexta-feira às 21h30min, pela 21ª rodada da Série B. 

Retorno ao Alvinegro

A volta de André Santos ao Figueirense se deu 11 anos depois da saída. O então lateral-esquerdo ganhou destaque no futebol com a camisa preta e branca em 2007. Foi para o Corinthians no ano seguinte e iniciou a carreira internacional com passagem pelos Fenerbahçe-TUR e Arsenal-ING.

Ele retornou ao Brasil para defender Grêmio e Flamengo e depois jogou do exterior em clubes da Índia e Suíça, com um breve período no Botafogo de Ribeirão Preto. O Boluspor, da Turquia, foi o último time antes do retorno ao Figueira. Pela Seleção Brasileira, além de amistosos, disputou a Copa das Confederações de 2009 e a Copa América de 2011.

Confira a tabela da Série B do Brasileiro 2018
Leia mais sobre o
Figueirense

 
A Notícia
Busca