Presidente eleito da Colômbia torce por Uruguai e Brasil na Copa da Rússia - Esportes - A Notícia

Versão mobile

 

Washington06/07/2018 | 05h12

Presidente eleito da Colômbia torce por Uruguai e Brasil na Copa da Rússia

AFP
AFP

Após a eliminação da Colômbia nas oitavas de final da Copa do Mundo da Rússia, o presidente eleito do país, Iván Duque, declarou nesta quinta-feira que torcerá pelas seleções de Brasil e Uruguai, únicos latino-americanos ainda vivos na competições.

"Eu quero dar forças ao Uruguai e também ao Brasil, as equipes latino-americanas que restam", declarou Duque a jornalistas, após reunião com o vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, em Washington.

"Eu tenho muita fé no Uruguai, tenho fé em (Edinson) Cavani, tenho fé também em Luis Suárez", afirmou, referindo-se às estrelas do ataque da Celeste.

"Acredito que o professor (Oscar) Tabárez também merece poder chegar à final, se tudo der certo", completou.

Duque, porém, não disse para que seleção torceria caso Brasil e Uruguai se enfrentem numa possível semifinal.

Na terça-feira, quatro anos depois de sua melhor apresentação em Copas do Mundo, as quartas de final no Brasil em 2014, a Colômbia foi eliminada nas oitavas de final pela Inglaterra, que venceu nos pênaltis após empate em 1 a 1 no tempo regulamentar e prorrogação.

O presidente eleito colombiano, que chegou na semana passada aos Estados Unidos em sua primeira visita oficial antes de assumir o poder em 7 de julho, contou que assistiu ao jogo "em um restaurante mexicano no meio do nada", enquanto realizava uma viagem de carro "longuíssima" com sua família e amigos.

"Éramos os únicos latinos assistindo ao jogo e vocês não imaginam como gritei esse gol de Yerry Mina, pensaram que eu estava louco", declarou Duque entre risadas, referindo-se ao gol do zagueiro colombiano que empatou a partida nos acréscimos do tempo regulamentar.

* AFP

 
A Notícia
Busca