Nadal e Djokovic se enfrentam nas semifinais de Wimbledon; Federer eliminado - Esportes - A Notícia

Versão mobile

 

Wimbledon11/07/2018 | 17h23

Nadal e Djokovic se enfrentam nas semifinais de Wimbledon; Federer eliminado

AFP
AFP

O espanhol Rafael Nadal superou o argentino Juan Martín del Potro, nesta quarta-feira, parciais 7-5, 6-7 (7/9), 4-6, 6-4, 6-4, e vai enfrentar o sérvio Novak Djokovic na semifinal de Wimbledon, enquanto o suíço Roger Federer foi eliminado.

O atual número 1 do mundo busca o terceiro título no mítico gramado londrino, mas terá pela frente no caminho à decisão o renascido Djokovic, que eliminou o japonês Kei Nishikori para chegar às semifinais.

Mais cedo, Federer foi eliminado pelo sul-africano Kevin Anderson nas quartas de final. Oito vezes campeão em Wimbledon, o suíço ainda teve a chance de vencer a partida com match point no terceiro set, mas acabou sofrendo a virada na partida, que teve mais de quatro horas de duração e terminou com parciais 2-6, 6-7 (5-7), 7-5, 6-4 e 13-11.

"Ele jogou bem, mas acho que não compliquei muito para ele. Por isso não mereci vencer", disse Federer.

É a primeira derrota do suíço no gramado londrino antes das semifinais desde 2013, quando caiu diante do ucraniano Sergiy Stakhovsky na segunda fase.

Federer chegou à final em 2014 e 2015, mas foi derrotado em ambas ocasiões pelo sérvio Novak Djokovic. Em 2016, caiu para o canadense Milos Raonic nas semifinais e só voltou a conquistar o troféu no ano passado.

"Pode levar um tempo ou meia hora (para digerir a derrota). O objetivo é sem dúvida voltar no ano que vem. Não considero que seja um trabalho inacabado. Melhor dizendo: acho que fiz um bom trabalho nestes últimos anos. Só estou triste", afirmou o campeão de 20 Grand Slams.

A derrota para Anderson é ainda mais surpreendente, já que o sul-africano nunca tinha vencido um set sequer em outros quatro jogos contra o suíço. No entanto, nenhuma das partidas foi disputada na grama, superfície onde o poderoso saque de Anderson se torna uma arma ainda mais forte.

Anderson teve 28 aces e 65 pontos vencedores na partida. O sul-africano vai enfrentar o americano John Isner, que eliminou o canadense Milos Raonic por 6-7 (5/7), 7-6 (9/7), 6-4 e 6-3.

No primeiro jogo definido nas quartas de final, Djokovic mostrou que está recuperando a melhor forma ao despachar Nishikori em uma partida de duas horas e 35 minutos. O sérvio voltou às semifinais de um torneio de Grand Slam desde setembro de 2016, depois de eliminar o japonês por 6-3, 3-6, 6-2 e 6-2.

"É incrível estar nas semifinais. Construí esse resultado pouco a pouco na temporada do saibro. Está cada vez melhor. Não é a primeira vez que estou nas semifinais aqui, mas vou dar todo seu valor", indicou Djokovic.

É a primeira semifinais de Djoko desde setembro de 2016 e da final do US Open, perdida para o suíço Stan Wawrinka.

-- Resultados de quarta-feira no torneio de Wimbledon:

- Simples masculino (quartas de final):

Kevin Anderson (RSA/N.8) x Roger Federer (SUI/N.1) 2-6, 6-7 (5/7), 7-5, 6-4, 13-11

Novak Djokovic (SRB/N.12) x Kei Nishikori (JPN/N.24) 6-3, 3-6, 6-2, 6-2

John Isner (EUA/N.9) x Milos Raonic (CAN/N.13) 6-7 (5/7), 7-6 (9/7), 6-4, 6-3

Rafael Nadal (ESP/N.2) x Juan Martín Del Potro (ARG/N.5) 7-5, 6-7 (7/9), 4-6, 6-4, 6-4

* AFP

 
A Notícia
Busca