Maradona vê a França como 'séria candidata a vencer a Copa' - Esportes - A Notícia

Versão mobile

 

Moscou12/07/2018 | 17h53

Maradona vê a França como 'séria candidata a vencer a Copa'

AFP
AFP

A lenda do futebol argentino Diego Armando Maradona assegurou que a França "é séria candidata a vencer a Copa do Mundo", na quarta-feira à noite no programa que diariamente apresenta na emissora Telesur.

"Acho que a França é séria candidata a vencer a Copa do Mundo", declarou Maradona no programa "De la mano del 10", transmitido antes de saberem que a Croácia seria a adversária dos 'Bleus' na final, após vencer a Inglaterra por 2-1 na prorrogação.

O técnico francês Didier "Deschamps encontrou o meio-campo justo", acrescentou. "Com (N'Golo) Kanté, que se destaca, é uma formiguinha que via para todos os lados e que quando tem que sair em velocidade também tem velocidade", destacou sobre o meia francês.

A França "tem um goleiro sólido (Hugo Lloris) e uma defesa que, quando vai para cima, faz gols (...) E no ataque tem figuras como (Kylian) Mbappé e (Olivier) Giroud, que parece que não faz um trabalho brilhante, mas desafoga" os outros atacantes, analisou.

Maradona também elogiou Mbappé: "só tem 19 anos, poderia estar jogando no sub-20 e está se saindo muito bem na Copa do Mundo".

Tudo isso "é mérito de Deschamps, que encontrou o segredo".

A estrela argentina também falou da estrela francesa Antoine Griezmann: "Começou jogando com o 'Cholo' (técnico do Atlético de Madrid Diego Simeone), mas muito inteligentemente lhe fez recuar 10 metros, para ter mais contato com a bola e seguir perto do gol".

"É rápido, não tem medo de ninguém e não é egoísta", destacou.

Maradona também se referiu à composição da equipe francesa, com a maioria de jogadores de pais imigrantes.

"Mbappé, cujo pai é de Camarões e a mãe é da Argélia; Pogba, cujos pais são da Guiné; Matuidi de pais da Angola; Umtiti nasceu em Camarões diretamente e vieram primeiro; Kanté, com pais do Mali ... Há 19 jogadores africanos que estão jogando o campeonato mundial" com a França, destacou Maradona no programa.

"Apenas quatro jogadores são de pais estritamente franceses, os demais são de origem africana", completou o apresentador do programa, o uruguaio Víctor Hugo Morales.

* AFP

 
A Notícia
Busca