Hamilton vence GP da Hungria e amplia vantagem para Vettel - Esportes - A Notícia

Versão mobile

 

Budapeste29/07/2018 | 13h39

Hamilton vence GP da Hungria e amplia vantagem para Vettel

AFP
AFP

O britânico Lewis Hamilton (Mercedes) venceu de ponta a ponta o Grande Prêmio da Hungria de Fórmula 1, neste domingo, e ampliou para 24 pontos a vantagem para o alemão Sebastian Vettel (Ferrari) no campeonato mundial.

Vettel terminou na segunda colocação e seu companheiro de equipe, o finlandês Kimi Raikkonein, completou o pódio. A Fórmula 1 entra em período de recesso por conta do verão europeu e retorna no dia 26 de agosto, no GP da Bélgica.

"Sair com estes pontos é como uma bonificação para nós", admitiu Hamilton, quatro vezes campeão do mundo, em alusão às características do circuito que seriam mais favoráveis para a Ferrari do que para a Mercedes. "Estou muito feliz que fomos fortes nestas últimas corridas. Merecemos nossas férias", acrescentou o piloto britânico.

Na Hungria, Hamilton largou da pole depois de conseguir a primeira colocação graças à chuva surpresa nos treinos classificatórios.

O australiano Daniel Ricciardo (Red Bull), 12º no grid de largada, conseguiu se superar para terminar na quarta colocação, superando o finlandês Valtteri Bottas (Mercedes) nas últimas voltas.

Bottas teve uma batalha feroz com Vettel e Ricciardo nas voltas finais, com manobras de ultrapassagem, ao ponto dos comissários abrirem investigações. Bottas terminou penalizado com 10 segundos pelo segundo incidente, mas o castigo não modifica sua classificação final.

O holandês Max Verstappen (Red Bull) se sentiu obrigado a abandonar a corrida pela terceira vez na temporada, já que perdeu potência de maneira súbita na sexta volta.

O dinamarquês Kevin Magnussen (Haas, 7º), os espanhóis Fernando Alonso (McLaren, 8º) e Carlos Sainz Jr (Renault, 9º) completaram o 'Top 10' ao lado dos franceses Pierre Gasly (6º, Toro Rosso) e Romain Grosjean (10º, Haas).

- Classificação final do GP da Hungria de F1:

1. Lewis Hamilton (GBR/Mercedes)

os 306,630 km em 1 h 37:16.427

(média: 189,134 km/h)

2. Sebastian Vettel (ALE/Ferrari) a 17.123

3. Kimi Räikkönen (FIN/Ferrari) a 20.101

4. Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull-Renault) a 46.419

5. Valtteri Bottas (FIN/Mercedes) a 50.000

6. Pierre Gasly (FRA/Toro Rosso-Honda) a 1:13.273

7. Kevin Magnussen (DIN/Haas-Ferrari) a 1 volta

8. Fernando Alonso (ESP/McLaren-Renault) a 1 volta

9. Carlos Sainz Jr (ESP/Renault) a 1 volta

10. Romain Grosjean (FRA/Haas-Ferrari) a 1 volta

11. Brendon Hartley (NZL/Toro Rosso-Honda) a 1 volta

12. Nico Hülkenberg (ALE/Renault) a 1 volta

13. Esteban Ocon (FRA/Force India-Mercedes) a 1 volta

14. Sergio Pérez (MEX/Force India-Mercedes) a 1 volta

15. Marcus Ericsson (SUE/Sauber-Ferrari) a 2 voltas

16. Sergey Sirotkin (RUS/Williams-Mercedes) a 2 voltas

17. Lance Stroll (CAN/Williams-Mercedes) a 2 voltas

Melhor volta da corrida: Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull-Renault) 1:20.012 na 46ª volta (média: 197,115 km/h)

Abandonos:

Charles Leclerc (MON/Sauber-Ferrari): problema mecânico, 1ª volta

Max Verstappen (HOL/Red Bull-Renault): motor, 6ª volta

Stoffel Vandoorne (BEL/McLaren-Renault): caixa de câmbios, 50ª volta

- Classificação do mundial pilotos:

1. Lewis Hamilton (GBR) 213 pontos

2. Sebastian Vettel (ALE) 189

3. Kimi Räikkönen (FIN) 146

4. Valtteri Bottas (FIN) 132

5. Daniel Ricciardo (AUS) 118

6. Max Verstappen (HOL) 105

7. Nico Hülkenberg (ALE) 52

8. Kevin Magnussen (DIN) 45

9. Fernando Alonso (ESP) 44

10. Sergio Pérez (MEX) 30

11. Carlos Sainz Jr (ESP) 30

12. Esteban Ocon (FRA) 29

13. Pierre Gasly (FRA) 26

14. Romain Grosjean (FRA) 21

15. Charles Leclerc (MON) 13

16. Stoffel Vandoorne (BEL) 8

17. Marcus Ericsson (SUE) 5

18. Lance Stroll (CAN) 4

19. Brendon Hartley (NZL) 2

- Classificação do mundial de construtores:

1. Mercedes 345 pts

2. Ferrari 335

3. Red Bull 223

4. Renault 82

5. Haas 66

6. Force India 59

7. McLaren-Renault 52

8. Toro Rosso-Honda 28

9. Sauber 18

10. Williams 4

* AFP

 
A Notícia
Busca