Federer passeia em Wimbledon e está há nove partidas sem perder um set - Esportes - A Notícia

Versão mobile

 

Wimbledon04/07/2018 | 20h07

Federer passeia em Wimbledon e está há nove partidas sem perder um set

AFP
AFP

O favorito em Wimbledon, Roger Federer, se classificou sem problemas na terça-feira para a terceira rodada, em um dia que também viu a classificação das duas irmãs Williams, Venus e Serena.

O número dois do mundo, primeiro cabeça de chave em Londres, ganhou por 6-4, 6-4 e 6-1 do eslovaco Lukas Lacko, finalista do torneio sobre grama de Eastbourne, e enfrentará na terceira rodada o alemão Jan-Lennard Struff, carrasco do veterano croata Ivo Karlovic.

Federer, de 36 anos, comemorou seu tranquilo percurso até o momento, vencendo 26 sets consecutivos no All England Club, onde defende o título.

"É sempre bom não gastar muita energia nos primeiros jogos", disse o suíço, de 36 anos, que busca seu nono título no All England Club, além de arrebatar a liderança do ranking do espanhol Rafael Nadal.

Lacko (73º do mundo) chegou a Wimbledon com o cartão de apresentação de finalista no torneio inglês de Eastbourne, que perdeu para o alemão Mischa Zverev.

- Irmãs Williams em frente; chileno Jarry vende cara sua pele -

Outra participante ilustre, a americana Venus Williams, pentacampeã em Londres, teve que lutar com a romena Alexandra Dulgheru, que venceu o primeiro set mas acabou sendo derrotada por 4-6, 6-0 e 6-1.

Venus, que disputa o Torneio de Wimbledon pela 21ª vez, foi finalista no ano passado, mas perdeu para a espanhola Garbiñe Muguruza.

Sua irmã caçula, Serena, ex-número 1 do mundo, se classificou para a terceira rodada ao vencer a búlgara Viktoriya Tomova, 135ª do mundo, em dois sets (parciais de 6-1 e 6-4).

Serena, em busca seu oitavo título no Grand Slam, enfrentará a francesa Kristina Mladenovic por uma vaga nas oitavas de final.

A tcheca Karolina Pliskova bateu a também ex-número um do mundo Victoria Azarenka.

Pliskova, que atualmente ocupa a oitava posição do ranking, venceu a bielorrussa por 6-3 e 6-3, e conseguiu, pela primeira vez, superar a segunda rodada do torneio, disputado na grama.

A americana Madison Keys, 10ª cabeça de chave no All England Club, também garantiu uma vaga na terceira rodada, ao derrotar a tailandesa Luksika Kumkhum por 6-4 e 6-3.

Quanto aos tenistas latinos e espanhóis, o chileno Nicolás Jarry, de 22 anos, foi eliminado nesta quarta-feira de Wimbledon depois de perder uma partida disputada contra o americano Mackenzie McDonald.

McDonald, 103º do mundo, de 23 anos, levou o jogo por 7-6 (7/5), 5-7, 3-6, 6-2 e 11-9, em 3 horas e 30 minutos.

Jarry, 66º jogador do mundo, disputou pela primeira vez a segunda rodada de um torneio Grand Slam em sua quinta participação.

Na primeira rodada, o chileno eliminou o sérvio Filip Krajinovic, cabeça da chave 28.

McDonald enfrentará na terceira rodada o vencedor da partida entre o croata Marin Cilic, terceiro cabeça de chave e finalista em 2017, e o argentino Guido Pella, que será decidida na quinta-feira após ter sido interrompida pela chuva nesta quarta.

O espanhol Guillermo Garcia Lopez, de 35 anos e 65º do mundo, perdeu para o russo Daniil Medvedev (67º, 22 anos) 6-3, 6-4 e 6-2.

O francês Lucas Pouille, 19º do mundo, protagonizou a zebra ao ser eliminado por um jogador procedente da fase de classificação, o austríaco Dennis Novak por 6-4, 6-2, 6-7 (8/10), 3-6 e 6-2.

O canadense Milos Raonic chegou à terceira rodada sem esforço, em três sets que foram resolvidos com o jogo de desempate 7-6 (7/4), 7-6 (7/4), 7-6 (7/4).

* AFP

 
A Notícia
Busca