Chapecoense confirma evolução na base com o bicampeonato do Catarinense sub-20 - Esportes - A Notícia

Versão mobile

 

Estadual29/07/2018 | 15h09Atualizada em 29/07/2018 | 15h09

Chapecoense confirma evolução na base com o bicampeonato do Catarinense sub-20

Depois de se classificar em quarto lugar para fase final, equipe verde conquista título sobre o Tubarão

Chapecoense confirma evolução na base com o bicampeonato do Catarinense sub-20 Divulgação/FCF
Foto: Divulgação / FCF
DC Esportes
DC Esportes

A Chapecoense levantou o troféu do Campeonato Catarinense sub-20 depois de empatar em 1 a 1 com o Tubarão, no Sul do Estado. A conquista no sábado — a segunda do clube — serve para confirmar o trabalho nas categorias de base da Chape. A cada temporada cresce o número de jogadores formados pelo Verdão que defendem a equipe profissional. De acordo com o técnico Fabinho, mais atletas estão em condições de estar no elenco principal.

— Ficamos felizes em fazer o bicampeonato, para coroar o trabalho de base feito na Chapecoense. Temos jogadores que estão bem próximos do profissional. Com a classificação em quarto lugar, teríamos dificuldades por fazer a segunda partida fora de casa. Fizemos dois bons jogos contra o Avaí na semifinal e enfrentamos um Tubarão em grande ascensão, no profissional e na base. No primeiro jogo vencemos por 2 a 1, em um jogo difícil, e em Tubarão seria complicado pela forte presença do torcedor. Mas os meninos suportaram bem e conquistaram o título — resumiu o comandante do time sub-20.

Com a quarta melhor campanha da primeira fase, a Chape jogou como visitante as decisões do mata-mata. Na semifinal com o Avaí, ganhou por 1 a 0 em casa e avançou com o empate em 1 a 1 em Florianópolis. Na final diante do Tubarão o roteiro foi similar: vitória por 2 a 1 em Chapecó e igualdade em 1 a 1 no Sul de Santa Catarina.

Na decisão no Domingos Gonzales, a Chapecoense largou na frente aos 29 minutos do primeiro tempo. Alan bateu na saída do goleiro para abrir o placar. Na etapa complementar os donos da casa empataram aos seis minutos, com Luciano. O Verdão segurou a pressão até o fim da partida e depois ergueu o troféu. A Chape foi campeã júnior de Santa Catarina em 2016 e vice em 2015 e no ano passado.

Leia mais notícias sobre a Chapecoense no DC


 
A Notícia
Busca