Caminhoneiro é preso por acidente que matou 16 no Canadá - Esportes - A Notícia

Versão mobile

 

Montreal06/07/2018 | 18h48

Caminhoneiro é preso por acidente que matou 16 no Canadá

AFP
AFP

A polícia do Canadá prendeu nesta sexta-feira (6) o motorista do caminhão que no início de abril bateu em um ônibus no qual viajava uma equipe juvenil de hóquei, um acidente que deixou 16 mortos e 13 feridos.

O motorista, Jaskirat Singh Sidhu, tem 16 acusações por "direção perigosa de veículo motorizado com resultado de morte" e 13 de "direção perigosa de veículo motorizado com resultado de ferimento", anunciou Derek Williams, chefe da Polícia Real Montada do Canadá na província de Saskatchewan.

O caminhoneiro, de 29 anos e o único que saiu ileso do acidente, foi liberado pela Polícia Montada depois da tragédia. Mas finalmente foi preso nesta sexta de manhã em Calgary, onde nasceu, informou Williams em entrevista coletiva.

A polícia concluiu que o motorista do caminhão era o responsável pelo acidente após a reconstituição das circunstâncias deste, inclusive com o uso de modelos 3D, realizado com drones, disse o oficial da Polícia Montada.

O ônibus, no qual viajavam 29 pessoas, incluindo o motorista, levava a equipe de hóquei juvenil Broncos de Humboldt - no centro da província - para uma partida do torneio local em 6 de abril.

Os dois veículos ficaram destruídos pela violência da colisão e, segundo a polícia canadense, o caminhão estava em alta velocidade.

Dos 16 mortos, 10 eram jogadores de entre 16 e 21 anos. Os outros seis eram quatro membros do clube, um jornalista e o motorista do ônibus.

* AFP

 
A Notícia
Busca