Trump retira convite aos Eagles da Filadélfia - Esportes - A Notícia

Versão mobile

 

Washington04/06/2018 | 22h01

Trump retira convite aos Eagles da Filadélfia

AFP
AFP

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, retirou nesta segunda-feira seu convite para a Casa Branca feito à equipe dos Eagles da Filadélfia, atuais campeões da NFL, alegando que alguns de seus jogadores se ajoelharam durante o hino nacional em sinal de protesto.

"Os Eagles não poderão vir com sua equipe completa à Casa Branca amanhã", disse Trump em um comunicado. "Não concordam com seu presidente, porque ele quer que fiquem parados orgulhosos para o hino nacional, com a mão no peito, em honra dos nossos militares e do povo do nosso país".

Trump mantém um conflito aberto com os jogadores da NFL que protestaram contra a violência racial nos Estados Unidos, e afirmou no mês passado que estes atletas "não deveriam estar no país".

Alguns jogadores dos Eagles já haviam rejeitado o convite de Trump, que recebe tradicionalmente as equipes campeãs das quatro grandes ligas profissionais na Casa Branca.

"Os Eagles queriam enviar uma delegação reduzida, mas os mil torcedores que virão ao evento merecem algo melhor. Estes torcedores seguem convidados para a Casa Branca para participar de outro tipo de cerimônia, em honra do nosso grande país".

No ano passado, Trump descreveu os jogadores que se ajoelham em protesto pela injustiça racial durante o hino nacional de "filhos da puta" que insultam a bandeira e a Nação.

* AFP

 
A Notícia
Busca